Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

JUSTIÇA

Sertanejo Giovani tem cachê penhorado para quitar dívida de mais de R$ 1 milhão

Reprodução/Instagram

Gian, de camisa azul, e Giovani de jaqueta preta em apresentação

Giovani (à direita) teve cachês e direitos autorais penhorados por não pagamento de dívida

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 15/10/2020 - 9h53

O sertanejo Giovani, da dupla com Gian, está em vias de encerrar um processo aberto na Justiça de São Paulo envolvendo uma dívida de R$ 1.365.035 que ele tem com as empresas DWJ Shows e Produtora 10, que agenciavam sua carreira. O cantor teve seus cachês e direitos autorais penhorados para quitar o valor.

Segundo consta no processo de nº 1059557-33.2016.8.26.0100, Giovani teria rompido a parceria com as produtoras em fevereiro de 2016, e a rescisão do contrato previa o pagamento imediato do valor de R$ 397.154,19, que não foi feito por ele.

Em 2017, após o sertanejo ser notificado, as partes firmaram um acordo para quitação da dívida, que já somava R$ 891.857,19. Contudo, ele não teria efetuado o pagamento de nenhuma das parcelas estipuladas.

Com isso, na época, a Justiça determinou a penhora de 30% da participação de Giovani nos ganhos da dupla.

O processo existe desde 2016, e o escritório de advocacia Oliveira & Borim, que está cuidando do caso, esclareceu ao Notícias da TV que os acordos já foram selados dos dois lados.

"As partes estão em tratativas avançadas para finalizar o processo, e a minuta de acordo está sendo confeccionada para apresentação ao juízo", informou.


Leia também

Enquete

Com quem Irma merece ficar em Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.