Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
X
Instagram
Youtube
TikTok

HOMEM DE 35 ANOS

Quem doou o coração para Faustão? Jogador de futebol amador sofreu AVC

REPRODUÇÃO/BAND E INSTAGRAM

Na montagem: Fausto Silva(à esquerda) e Fábio Cordeiro da Silva (à direita)

Fausto Silva e Fábio Cordeiro da Silva: suposto doador do apresentador tinha 35 anos e teve AVC

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 28/8/2023 - 13h33

Fábio Cordeiro da Silva, de 35 anos, morreu no sábado (26) em Santos, no litoral de São Paulo, após sofrer um acidente vascular cerebral (AVC) enquanto trabalhava como azulejista. O jogador de futebol amador pode ter sido o doador do coração de Fausto Silva e também de outros órgãos que salvaram as vidas de mais pessoas. O Notícias da TV descobriu que ele tinha o mesmo tipo sanguíneo do apresentador e já havia sinalizado aos parentes sobre a intenção de ser um doador de órgãos.

A morte cerebral do homem foi constatada pelos médicos na manhã de sábado, na Casa de Saúde de Santos, que fica ao lado da sede do clube Portuguesa Santista, que autorizou no domingo (27) o pouso de dois helicópteros para fazer o transporte de órgãos. As informações sobre a identidade do doador e do receptor são sigilosas e protegidas pelo Sistema Único de Saúde (SUS), que é quem organiza a fila de transplantes. Faustão era o segundo na fila.

"Todo domingo ele estava jogando. Vai ajudar de 12 a 20 pessoas, são 20 famílias ficando felizes", contou o irmão dele, Flavio Cordeiro da Silva, ao G1. A Record também falou com a família do suposto doador, em entrevista que será divulgada nesta segunda (28) no Balanço Geral SP.

Luciana Cardoso, mulher de Faustão, afirmou que outro paciente do Hospital Israelita Albert Einstein, onde o apresentador está internado, também recebeu um órgão. "Fiquei feliz muito feliz em saber que aqui, nesse mesmo hospital, uma pessoa através do SUS também recebeu desse mesmo receptor outro órgão e sua segunda chance na vida", escreveu, em carta divulgada hoje.

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Suposto doador Faustão

Fábio foi homenageado por clube no Instagram

Fábio Cordeiro da Silva jogava futebol de forma amadora e precisou se ausentar dos campos há cerca de um mês porque passou mal durante algumas partidas. Ele morava em Mongaguá, mas atuou em clubes da região de Praia Grande, Itanhaém e São Vicente. Era conhecido pelos colegas pelo apelido Esquerdinha, por ele ser canhoto.

O irmão do atleta explicou que ele passou por uma série de exames que não detectaram nenhum problema cardíaco. Semana passada, no domingo (20), Fábio voltou a praticar futebol normalmente e não apresentou mal-estar.

O futebolista sofreu o AVC na quarta (23), enquanto trabalhava em um apartamento em Santos. O familiar revelou que ele estava com seu capacete de serviço e uma mochila nas costas, se preparando para deixar o local.

Fábio foi encontrado apenas na quinta (24), ainda consciente, e levado até a Casa de Saúde de Santos. Ele permaneceu na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e fez uma cirurgia no cérebro, mas não resistiu ao procedimento. A família optou por doar os órgãos dele.

TUDO SOBRE

Fausto Silva


Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.