Perfil

Protagonista de Alto Astral, Sergio Guizé acredita em ETs e espíritos

Renato Rocha Miranda/TV Globo

O ator Sergio Guizé com a namorada, Nathalia Dill, em cena de Alto Astral, novela das sete da Globo - Renato Rocha Miranda/TV Globo

O ator Sergio Guizé com a namorada, Nathalia Dill, em cena de Alto Astral, novela das sete da Globo

MÁRCIA PEREIRA - Publicado em 08/05/2015, às 05h24

No ar há seis meses no papel do médico médium da novela Alto Astral, Sergio Guizé se define como um curioso em todos os assuntos, o que inclui religião. Ele revela que acredita na existência de espíritos capazes de falar com pessoas vivas, como nas cenas de seu personagem, Caíque, com Castilho (Marcelo Médici). "Infelizmente ou felizmente nunca tive uma experiência espiritual, mas não é por isso que não acredito. Eu acredito em tudo, até em ETs”, diz Guizé. 

O ator se despede hoje (8) de seu primeiro protagonista em uma novela da Globo com saldo positivo. O personagem conquistou o público, e seu trabalho surpreendeu o autor da trama, Daniel Ortiz. "Ele é muito bom. Para o drama e para a comédia, com aquela voz rouca. É dedicado. Ele é o protagonista que levou a história desde o começo", afirma o novelista. 

A novela elevou Guizé a um novo patamar no time de estrelas da Globo. Mas o assédio do público não é algo que o atrai. Avesso à fama, quando não está no Projac (central de estúdios da Globo no Rio Janeiro), ele estuda seus textos em um refúgio no Recreio dos Bandeirantes, bairro afastado da badalação da zona sul carioca. “Eu pedi à emissora para ficar em um lugar isolado. Todos os trabalhos que faço eu prefiro dessa forma para ficar bem focado”, conta o ator.

Dar entrevistas não é sua "praia". Paulistano, ele cresceu em Santo André (Grande São Paulo) e começou a ficar famoso há pouco tempo. Ele namora a atriz Nathalia Dill (Laura), seu par romântico na trama. Mas só assumiu o romance publicamente há 20 dias, no Encontro com Fátima Bernardes. 

Seu primeiro trabalho de repercussão foi a série Sessão de Terapia, do canal GNT, em 2012. No ano seguinte, ele deu vida a João Gibão na novela Saramandaia, da Globo. “O assédio aumentou, sim, mas sei que isso passa”, responde ao ser questionado se já deixou de ir ao shopping ou ao mercado por conta da fama. “Em shopping eu não vou mesmo, não sou de comprar", conta.

Sergio Guize em cena exibida ontem (7); ator mostrou talento musical na novela das sete

Paixão pela música

A música levou Guizé para o teatro. Ele aprendeu a tocar com o pai aos cinco anos de idade. O primeiro instrumento que tocou foi teclado. Hoje, prestes a completar 35 anos (seu aniversário é dia 14 de maio), ele é apaixonado por guitarras e tem uma banda de punk rock, a Tio Che. No capítulo de ontem (7) de Alto Astral, apareceu cantando e tocando violão.

Por conta da paixão pela música, Guizé fez faculdade de artes plásticas. Nas aulas de teatro, descobriu-se ator. Sua primeira peça foi em 1998, e sua primeira participação em uma novela aconteceu em 2004, em Da Cor do Pecado, da Globo.

Até conseguir viver com o dinheiro das suas “artes”, ele confidencia que trabalhou durante dez meses no McDonalds e em uma loja da rede C&A. Também não durou muito rodando pelas ruas em cima de uma motocicleta. “Trabalhei um mês como motoboy, mas fui mandado embora porque me perdia sempre", conta.


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual é seu programa favorito gravado na quarentena?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook