Dez anos de carreira

Prostituta em série, Andréia Horta lamenta veto para viver lésbica

ESTEVAM AVELLAR/TV GLOBO

A atriz Andréia Horta faz Celeste, a primeira-dama do tráfico na série policial A Teia, da Globo - ESTEVAM AVELLAR/TV GLOBO

A atriz Andréia Horta faz Celeste, a primeira-dama do tráfico na série policial A Teia, da Globo

MÁRCIA PEREIRA - Publicado em 17/01/2014, às 19h17 - Atualizado em 19/01/2014, às 07h30

A atriz Andréia Horta completa dez anos de carreira lançando uma série e um filme, mas lamenta ter sido vetada pela Globo para interpretar a lésbica que fará par romântico com Giovanna Antonelli na novela Em Família, no ar a partir do dia 3. A Globo argumentou que ela estaria em destaque em dois projetos simultâneos, a novela das nove e a nova série A Teia, que estreia dia 28, e optou por Tainá Müller.

“O convite foi feito pelo Maneco [Manoel Carlos, autor da trama] e pelo Jayme [Monjardim, diretor da novela], mas depois veio a triste notícia de que eu não poderia fazer o papel porque a série estreia em janeiro e coincide com a novela”, revela a atriz, referindo-se ao seriado policial A Teia.

Andréia faz questão de dizer que se sentiu “honradíssima” com o convite e está com uma alta expectativa para que as pessoas gostem do seu trabalho na série. Na última sexta-feira (17), ela também entrou em cartaz nos cinemas, com o filme Muita Calma Nessa Hora 2, trabalho que Andréia destaca como um reencontro de amigas. A primeira versão do longa-metragem foi rodada em 2010.

Na produção, ela faz Tita, uma garota aventureira que reencontra Aninha (Fernanda Souza), Mari (Gianni Albertoni) e Estrella (Débora Lamm) anos depois das férias que passaram juntas em Búzios (RJ).

Os dois trabalhos, o filme e a série, foram rodados ao mesmo tempo no ano passado. O longa-metragem é leve e cômico, enquanto o programa da Globo é denso e cheio de ação. A atriz conta que A Teia mexeu demais com ela. “Não é uma violência só física e de tiro. A violência dessa série, sobretudo, é a psicológica.”

Ela afirma que o seriado escrito por Carolina Kotscho e Bráulio Mantovani tem uma dramaturgia especial. “O texto deles é um delírio. Os personagens são muito complexos, ninguém é só bom ou só mal”, adianta.

As gravações começaram em janeiro do ano passado e duraram seis meses, com o elenco e equipe trabalhando só em externas. A Teia foi anunciada na programação do ano passado da emissora, mas acabou sendo adiada para este ano. Ao todo, dez capítulos serão exibidos todas às terças-feiras, após o paredão de Big Brother Brasil.

Andréia Horta com o visual que aparecerá em A Teia, na qual interpretará a prostituta Celeste

Mulher de bandido

O seriado tem um assalto real como ponto de partida para a trama, que envereda por uma investigação da Polícia Federal para prender uma quadrilha que roubou 60 quilos de ouro em pleno aeroporto de Brasília.

A atriz vive Celeste, uma jovem que teve uma filha com um bandidinho pé de chinelo, que foi preso. Para sustentar a menina, ela vira prostituta.

“Ela não é má nem é vítima, e faz as próprias escolhas com muita lucidez. A Celeste se apaixona pelo Baroni [PauloVilena] e vira a primeira-dama do tráfico. Ela não é cúmplice de tudo, mas é muito parceira”, conta Andréia.

Namoro nos bastidores

Andreia está namorando o diretor Rogério Gomes, o Papinha, responsável pela direção geral de A Teia, mas se esquiva de falar sobre sua vida pessoal. O romance teria começado no ano passado, quando os dois gravavam a série. Eles já haviam trabalhado juntos na novela Amor Eterno Amor, exibida em 2012 pela Globo.

Nesses dez anos de carreira, a atriz afirma que trabalhou muito e pela primeira vez está relaxada com o que estar por vir. “Trabalhei enloquecidamente dos 20 aos 30 anos. Sempre acabava uma coisa sabendo qual era a próxima. É a primeira vez que eu estou tendo umas férias maiores”, diz ela, que não tem novos projetos em vista.

Andréia havia passado pela Globo no começo da carreira, mas ficou quatro anos na Record até voltar para emissora carioca e ganhar um papel de destaque na série A Cura, em 2010. Foi protagonista de Alice, um dos maiores sucessos nacionais da HBO.

LEIA TAMBÉM:

SBT esconde mais de 40 episódios de Chaves, acusa fã-clube

A semana em Amor à Vida: Félix e Bruno impedem fuga de Aline

César leva cusparada de Aline, sofre derrame e fica paralítico

Equipe festeja férias de Rezende, e Cidade Alerta encosta na Globo

Você está grávida?, pergunta Silvio Santos à filha Patricia Abravanel

De vilão cruel, Félix passa a ser herói dos bebês de Amor à Vida

'Guerrilheira', Globo fica quase duas horas sem intervalo comercial

Em Amor à Vida, Pilar é suspeita de ter matado mãe de Aline


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual próxima reprise da Globo você mais quer ver?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook