Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

SÉRIE FIM

Para viver mulherengo na Globo, Fabio Assunção perde 27 quilos: 'Trabalho duro'

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

O ator Fabio Assunção sem camisa em foto publicada no Instagram

Fabio Assunção em foto publicada nas redes sociais; ator passou por uma rotina intensa para perder peso

REDAÇÃO

Publicado em 6/4/2020 - 9h18

Para interpretar um mulherengo na série Fim, da Globo, Fabio Assunção adotou uma rotina intensa de dieta e treino para perder 27 quilos. "Cinco meses de um trabalho muito duro, mas com resultados", contou o ator, que pode ser visto na reprise de Totalmente Demais. No trabalho inédito, o galã fará par romântico com Marjorie Estiano.

Aos 48 anos, Assunção entregou o segredo para emagrecer quase 30 quilos em tão pouco tempo: treino com um personal trainer (Chico Salgado); acompanhamento médico de uma nutricionista (Adriana Tannury) e de um endocrinologista (Roberto Zagury); a ajuda de sua assistente pessoal; e um cozinheiro em casa.

"Fui de 31% de gordura no corpo para 12%. Sigo a dieta à risca desde 14 de outubro e os treinos têm acontecido desde o dia 9 daquele mês. Tudo foi pensado para o trabalho, mas me trouxe disciplina na saúde e na vida e leveza espiritual e mental. Agora meu peso é 69,6kg. Cheguei a pesar 97kg", revelou o ator à coluna de Patrícia Kogut, do jornal O Globo.

A mudança no físico foi resultado da preparação para o personagem Ciro, um dos protagonistas da série baseada no livro homônimo de Fernanda Torres. Devido à pandemia do coronavírus, as gravações tiveram que ser interrompidas, mas o foco de Assunção se manteve. "As academias fecharam, mas minha dieta continua. Não me exercito sozinho em casa porque não gosto, mas sei da importância", declarou.

De quarentena em casa, ele se alegra em se rever no ar em Totalmente Demais. "Fiz chamadas [para a novela], além de um material de divulgação. Participei com gosto porque amo a novela. Fui muito feliz fazendo. Agora tenho lido muito sobre ela, participado de lives de amigos. Nas horas vagas, estou lendo sobre direitos humanos", contou o astro.

Pai de João, de 17 anos, e de Ella, de 9, Fabio lamentou a distância neste período de isolamento social. "Eles estão com as mães em São Paulo. Isso me traz uma profunda tristeza. Mas nos falamos por vídeo todos os dias, sem exceção. Batemos papo sobre assuntos do dia a dia, sobre nossas atividades ou sobre qualquer coisa que eles tragam. [O contato virtual] Tem sido bom por esse lado, alivia a falta da proximidade física que sempre tivemos", avaliou o ator.

Nas redes sociais, Fabio Assunção tem compartilhado leituras de canções e poesias para os seguidores e tem recebido carinho do público. "O reconhecimento e o interesse do internauta me estimulam a produzir mais. Então, seguirei com os projetos: ler para as pessoas, levar bons conteúdos... Com essa resposta tão positiva, não posso parar. Acho que as leituras amadoras e despretensiosas me aproximam dos seguidores", declarou o funcionário da Globo.

Confira uma poesia declamada por Fabio Assunção no Instagram: 

View this post on Instagram

Passado Distópico Nos meses antes de hoje, tensos eram os fios que uniam nossas pernas e braços aos comandantes do capital. Marionetes do desejo de ter sem se saber. A flor da pele vivíamos, expectadores da violência nas ruas Atormentados e impotentes vendo famílias se batendo nos quintais. O coração da natureza cheio de fúria pulava em desespero Seus elementos entraram em descompasso O fogo ardia a terra seca onde o vento não deixava a água chegar. A desigualdade dormia desesperançosa A musica chegava aos ouvidos mas não entrava mais Segurávamos o choro na garganta e, os olhos secos, perderam sua função diante de tanta secura e escuridão. Encontrávamos no consumo pílulas de alegria A maldade nos roubava sorrateira nosso tempo, entre os dias E nos abraçávamos, dançávamos, sonhávamos desorientados. As crianças isoladas em suas telas, desamparadas de adultos que sabem brincar, pareciam não mais se importar Quem se lembra como se brinca, como se chuta uma bola feita de papel, ou quem ainda consegue colorir, sem que estivesse deixando algo importante passar? Perdidos entre tantas enfermidades, buscávamos paciência em aulas de meditação sem, simplesmente, parar para olhar o mundo ao redor. As folhas, o sol, havia gente nas ruas!!!!! Onde estava nosso viver? De que servia a velha felicidade? Nas calçadas ninguém mais se notava, eramos autômatos, seguindo em passos sem direção. As bussolas estavam nos guiando sem instrução. Perdemos amores, amigos mesmo os tendo ao lado. E agora, com pesar e sofrimento, mas finalmente, um vírus aula veio nos dar. Por enquanto on-line. Amanhã, quem se arrisca a dizer? Fabio Assunção. 04/abril/2020. RJ. #CulturaEmCasa #FiqueEmCasaSePuder #Solidariedade #CoronaVirus

A post shared by Fabio Assunção (@fabioassuncaooficial) on


Saiba tudo que vai acontecer nos próximos capítulos das novelas no podcast Noveleiros

Listen to "#9: Quem é quem na novela do BBB?" on Spreaker.

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você já tem seu favorito em A Fazenda 12?