Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

ANESTESIA GERAL

Mulher de Junior Lima, Mônica Benini é operada às pressas: 'Quase desmaiei'

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Mônica Benini ao lado do marido, o músico Junior Lima

Mônica Benini teve uma crise de apendicite; mulher de Junior Lima passou por cirurgia

IGRAÍNNE MARQUES

igrainne@noticiasdatv.com

Publicado em 5/7/2022 - 19h28

Mônica Benini, mulher de Junior Lima, precisou ser operada às pressas após se sentir mal e descobrir uma crise de apendicite. Nas redes sociais, a influenciadora explicou que os sintomas começaram na madrugada de domingo (3) para segunda (4), com a sensação de queimação na região do intestino. O incômodo aumentou na sequência, transformando-se em dor. "Quase desmaiei", disse. 

"Vou contar para vocês o que aconteceu comigo, até para servir de alerta, para a gente nunca camuflar as dores que a gente sente, sempre checar. Não se automedicar, tentando melhorar o que está sentindo sem saber", começou a blogueira.

De acordo com Mônica, a queimação se parecia com uma azia. "Eram dores que eu nunca tinha sentido. Mas, até então, fui em duas festas de criança, achei que pudesse ser alguma coisa que eu comi, que me fez mal. E aí, ontem à tarde [segunda] a dor começou a aumentar", lembrou.

"Estava até brincando com o Otto uma hora, fui tentar levantar e não consegui caminhar direito. Aí fui tentar trocar a calça, porque eu estava com uma calça alta, e eu quase desmaiei. Pensei: 'está dando algum ruim'", contou.

A reação de Mônica foi ligar para Junior, que não estava em casa na hora. O músico correu para que os dois pudessem ir ao hospital imediatamente. "Se eu estou sentindo dores que eu nunca senti é porque está acontecendo alguma coisa diferente comigo. A gente foi direto para o pronto socorro. Aí, chegando lá, já veio o médico me atender, fez uns exames clínicos", disse. 

Naquele momento, a influencer admitiu que sentia uma dor mais intensa do lado direito do corpo, embora fosse uma sensação que tomasse todo o abdômen. "Ali na hora ele [o médico] já matou a charada, mas ele ainda me mandou fazer uma tomografia e não deu outra: foi uma crise de apendicite", explicou.

Mônica precisou ser operada na segunda à noite, em uma cirurgia de anestesia geral. O procedimento foi feito por meio de três furos, e não mais com o auxílio de um corte. "Foi feita uma cirurgia por vídeo. Saí do hospital hoje [terça, 5] de manhã", disse. 

"A enfermeira que estava na cirurgia falou que a minha [apendicite] já estava bem inchada, mas falou: 'você veio no momento certo'", contou Mônica, que acrescentou que o caso poderia ter rendido uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) se a apêndice tivesse criado pus e estourado. 

Mônica concluiu o relato explicando que o pós-operatório tem sido dolorido e incômodo. Ela também contou que, por ainda amamentar a filha mais nova de seu casamento com Junior, precisou tirar leite no hospital para mandar para a pequena, que ficou em casa. Todos os remédios e medicamentos ingeridos foram escolhidos para que a amamentação pudesse se manter. 


Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.