Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

JUSTIÇA

Maíra Cardi vai processar Paulo Vieira após acusação de gordofobia: 'Inadmissível'

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Montagem de Maíra Cardi, com vestido azul, e Paulo Vieira, com terno quadriculado nas cores preto, cinza e branco

Maíra Cardi e Paulo Vieira trocaram acusações após Arthur Aguiar comer pão no BBB 22

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 25/1/2022 - 19h18

Maíra Cardi afirmou que vai processar Paulo Vieira por tê-la acusado de ser gordofóbica. O humorista fez o comentário após ela dizer que seu marido,  Arthur Aguiar, não deveria ter comido pão dentro do BBB 22 e quebrado a dieta elaborada por ela e sua equipe para que o ator continuasse a perder medidas dentro do reality da Globo.

Na avaliação da influenciadora digital, o comediante  é quem agiu de forma preconceituosa. Procurado pelo Notícias da TV, Paulo Vieira não quis falar sobre o assunto, mas se expressou no Twitter: "Branco acha que só eles têm advogados".

Em 23 de janeiro, Maíra usou as redes sociais para manifestar sua indignação por Arthur Aguiar ter rompido sua dieta --um mês antes de entrar no confinamento, o ator havia perdido nove quilos. 

"Amor, você não podia ter comido pão. Você acabou de destruir todo o trabalho que eu fiz no seu corpinho. Nove quilos se foram à toa. Trinta dias com esse corpinho batalhando para estar aí bonito e mostrar para o Brasil inteiro vendo você comer pão. Não faça isso", esbravejou a influenciadora em uma série de vídeos publicada nos Stories.

Na sequência, sem citar nomes, Paulo Vieira se manifestou no Twitter sobre a mensagem da ex-BBB (Maíra participou da edição de 2009 do reality). "É involuntário, mas a gordofobia da moça faz brotar em mim um 'bem feito' para cada gaia que já levou", escreveu o humorista, cutucando o fato de a influenciadora ter sido traída inúmeras vezes pelo ator. Contudo, ele logo deletou o post. 

Dois dias depois do fato, Maíra Cardi criticou a atitude de Paulo Vieira e rebateu as acusações de ter sido gordofóbica. Para ela, foi o humorista quem agiu com tal comportamento nas redes sociais. "É um notícia muito séria, vai rolar um processo, porque a internet não é mais terra de ninguém. As pessoas precisam ser punidas e vão. Principalmente com uma questão tão séria."

Depoimentos em rede social

Em uma série de vídeos nos Stories, a influenciadora afirma que fez uma brincadeira após ser interpelada por uma amiga de que ela estaria mais preocupada com Arthur comendo pão do que com outras coisas.

"Não precisa ter dois neurônios para saber que é uma brincadeira. Entenderam a brincadeira e agiram na maldade. Fingiram que não entenderam porque gostam de palco. Você vai dar palco na Justiça", disse Maíra, sem citar o diretamente o nome de Paulo Vieira.

"Você me acusou de gordofobia, que é uma coisa inadmissível para mim e que tenho muito repúdio e repulsa por pessoas gordofóbicas. O Brasil inteiro sabe que eu trabalho com emagrecimento. Eu emagreci Lexa, Larissa Manoela, Ludmilla, Sorocaba... Eu e minha equipe emagrecemos mais de 500 mil pessoas. Então, se tem uma pessoa que tem o lugar de fala dentro do emagrecimento, essa pessoa sou eu", prosseguiu. 

"Se tem alguém que conhece a dor de uma pessoa que luta não só para emagrecer, mas por respeito, que sofre bullying, que sofre das emoções... As pessoas não comem comida, elas comem emoções. Elas sabem o que devem comer, mas muitas vezes não conseguem. Se tem alguém que sofre junto com essa luta, esse alguém sou eu. Eu não admito que isso seja colocado de outra forma", disse a coach. 

Em seu discurso, Maíra ressaltou ainda que ela trabalha com aceitação e que olha a ferida de dentro para fora. "Fiquei muito chateada. Acho um absurdo um artista grande pegar um fragmento sem entender nada, sem ver que era nitidamente  uma brincadeira e levar para um lugar que não cabia."

Ela prosseguiu com firmeza para defender seu ponto de vista:

Em momento algum tem fala gordofóbica. Isso é inadmissível. Queria deixar claro que essa pessoa vai ser processada porque eu não admito que se brinque com uma dor tão séria, que é minha vida, o meu trabalho. Dedico a minha vida a essas pessoas que lutam contra pessoas que fazem bullying e que lutam contra o peso. 

Sobre a dieta do marido, a influenciadora reafirma que foi uma brincadeira. "Quando eu brinco que não é para ele comer pão é em cima do cardápio que ele validou junto com a equipe. Ele está seguindo uma dieta proposta pela minha equipe e por ele. Quando eu brinco, eu também me refiro ao lado da saúde. Eu me refiro ao glúten, que é extremamente inflamatório e causa um monte de alergia. Não tem nada a ver com essa vertente tóxica, venenosa que está saindo aí."

Maíra criticou repetidas vezes a postura de Paulo Vieira, mas sem citar o nome do ator, exceto quando exibiu um trecho de um programa da Globo no qual ela aparece como personagem de uma reportagem. 

"Estou falando de uma única pessoa, um formador de opinião que não deveria ter tirado as coisas fora do contexto. Isso não se faz! Gordofobia é crime! E levantar uma bandeira dessa fora de contexto é mais ainda. Eu não admito. Se tem uma pessoa contra a gordofobia sou eu. Eu trabalho e vivo essa dor 24 horas por dia."

"Quando alguma coisa me incomoda, eu vou olhar para mim, porque aquilo está me incomodando, porque aquilo do outro está me incomodando. O que eu estou interpretando sobre aquilo ali. Porque diz mais a respeito sobre os meus sentimentos, meus preconceitos e minhas angústias do que sobre o outro", continuou Maíra.

"A gente não pode sair por aí vomitando tudo o que a gente pensa, fragmentado e fora de contexto. Você ocupou um lugar de fala muito perigoso, uma linha muito tênue, uma vez que você resolveu brincar com isso. Você não achou que as pessoas pudessem te chamar de gordofóbico?", indagou. 

"Prefiro acreditar que as pessoas entenderam que foi uma brincadeira e preferem agir na maldade para atrair holofotes, dar palco. Então, está bom, você vai dar palco lá no juiz. Eu queria deixar claro que isso não vai ficar impune, essa pessoa vai ser processada. Não admito que se brinque com uma dor tão séria, que é minha vida, o meu trabalho", concluiu. 


Leia também

Enquete

Pantanal perde audiência: novela está chata?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.