ETERNIZADO?

Lucio Mauro Filho fala da dificuldade de 'matar' o Tuco de A Grande Família

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Lucio Mauro Filho como Tuco de A Grande Família: ator interpretou o mesmo papel durante 13 anos - REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Lucio Mauro Filho como Tuco de A Grande Família: ator interpretou o mesmo papel durante 13 anos

REDAÇÃO - Publicado em 26/08/2019, às 15h19

No ar como o romântico Mario de Bom Sucesso, Lucio Mauro Filho falou sobre a resistência de roteiristas de o enxergarem além do Tuco de A Grande Família (2001-2014), papel que interpretou durante quase 13 anos. O ator só conseguiu se desprender graças à série Chapa Quente (2015-2016). "Era humor, mas um personagem totalmente diferente: um policial, machista, homofóbico. Achei que seria legal para 'matar' o Tuco", contou. 

Em entrevista ao jornal O Dia, o ator revelou que, assim que A Grande Família acabou, recebeu duas propostas de trabalho. O problema era que os papéis eram idênticos ao filho encostado de Lineu (Marco Nanini) e Dona Nenê (Marieta Severo), e ele os recusou porque não queria mais aquele "rótulo".

Segundo Lucio Mauro Filho, o papel em uma nova série de comédia veio na hora certa. "Foi bom para enxergarem outras possibilidades para o ator Lucinho. Quando vi aquele policial bigodudo e escroto, falei que seria bom, e foi", avaliou o ator, que viveu o personagem sargento Bigode por dois anos.

O ator costumava brincar que passaria tanto tempo na "pele" de um filho que não teria oportunidade de interpretar um pai. A "profecia" se mostrou quase verdadeira em 2017, quando o ator foi escalado para Malhação - Viva a Diferença, temporada que ficou no ar entre 2017 e 2018, e que venceu o Emmy Kids Internacional.

Na história, seu personagem virou avô logo no primeiro episódio, após a filha adolescente dar a luz um bebê. "Para você ver como temos que tomar cuidado com as coisas que jogamos para o universo", brincou o ator.

Em Bom Sucesso, Mario é apaixonado por Nana (Fabiula Nascimento), e usa de seu bom humor e carisma para tentar conquistar a amiga de infância. O ator reconheceu que sua inclinação para a comédia pode ser um problema. "É uma preocupação que eu tenho que ter, de não cair naquele lugar que todo mundo já conhece, está acostumado e gosta", finalizou o editor de livros da novela das sete.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual próxima reprise da Globo você mais quer ver?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook