Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

NA CONTRAMÃO

Letícia Spiller critica supostas vítimas e elogia Marcius Melhem: 'Pessoa querida'

Reprodução/TV Globo

Letícia Spiller de cabelo chanel com vestido roxo; Marcius Melhem sorridente de camisa azul

Letícia Spiller elogiou Marcius Melhem em meio às acusações de assédio sexual e moral nos bastidores da Globo

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 9/12/2020 - 13h54

Letícia Spiller criticou as supostas vítimas de assédio sexual e moral do caso envolvendo Marcius Melhem. A atriz disse que não entendeu o motivo pelo qual as pessoas que dizem ter sofrido abusos do ex-diretor de humor da Globo demoraram a fazer a denúncia. Ela também teceu elogios ao comediante: "Uma pessoa querida".

Aparentemente incomodada com a maneira como o caso repercutiu na mídia, a artista achou estranho que Dani Calabresa e os demais denunciantes tenham trazido o assunto à tona somente agora.

"Acho muito bacana que as mulheres têm mais voz, mas por outro acho que demorou muito para fazer essa denúncia. [...] Não concordo com essa demora em fazer essa denúncia tanto tempo depois. Quem está vendo fica questionando: 'Por que demorou tanto a fazer essa denúncia?'", disse a atriz em entrevista ao programa Reclame, da rádio PlayFM, no YouTube.

"Eu tive a sorte de nunca ter sofrido esse tipo de coisa. Porque se eu tivesse sofrido, eu ia colocar a boca no mundo na hora, não iria esperar quatro anos", completou ela, referindo-se ao período que Dani teria sofrido nas mãos do ex-diretor.

Mônica Salgado, uma das apresentadoras da atração, interrompeu Letícia para avisá-la que a denúncia foi feita internamente, na ocasião do fato, mas somente agora se tornou pública. Ela então respondeu que não sabia deste detalhe do caso. 

Na sequência, a artista também teceu elogios a Marcius Melhem e se mostrou desapontada com as recentes notícias. "Eu conheci o Marcius, e nunca me pareceu uma pessoa que fizesse esse tipo de coisa tão agressiva. Uma pessoa muito, querida, inclusive. É duro receber uma notícia sobre uma pessoa querida, de bom coração."

Apesar disso, a atriz ponderou ao afirmar que existem outros casos de assédios nos bastidores da Globo.

"Eu já ouvi outros casos de assédio, de diretores que abusam do poder para assediar. Não só o Marcius. O Marcius está virando agora o [exemplo] da situação, mas tiveram muitos outros casos na empresa, que a gente sabe. Por outro lado, acho que as mulheres têm que ter coragem de falar, porque esse tipo de coisa não pode existir", encerrou.

Assista à entrevista completa abaixo:


Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você quer ver no retorno de Amor de Mãe?