Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

PEDEM DEMISSÃO

Leo Dias é atacado na internet após Klara Castanho expor violência

REPRODUÇÃO/YOUTUBE/INSTAGRAM

Leo Dias sorrindo em foto das redes | Klara Castanho de cabelos soltos em foto do Instagram

Leo Dias é cancelado na internet após repercussão do caso de Klara Castanho nas redes sociais

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 26/6/2022 - 15h00

Leo Dias foi atacado na internet após Klara Castanho desabafar e expor a violência sexual sofrida. O colunista precisou trancar os comentários do Instagram, a fim de evitar retaliações, e virou alvo de uma campanha de cancelamento. "Demissão é o mínimo", argumentaram internautas nas redes sociais.

"Já demitiram o Léo Dias? Essa demissão é para ontem", reforçou Ana Maria Barbosa no Twitter. "Sinceramente, o que eu desejo pro Léo Dias é uma demissão e vergonha de sair de casa. Depois, que ele se torne obsoleto. Que todo mundo esqueça que um dia existiu. Que ninguém se importe com o que ele diz ou deixa de dizer. E uma multa por danos morais que o faça falir", escreveu outra internauta, identificada apenas como Camila. 

Teve ainda quem lembrasse Antonia Fontenelle, apresentadora e candidata ao cargo de deputada no Rio de Janeiro. Fãs de Klara afirmaram que ela e Leo eram culpados por expor o caso tanto quanto os profissionais do hospital que vazaram a informação para a imprensa.

"Leo Dias, Antonia Fontenelle, o hospital, o médico, a enfermeira, sejam responsabilizado por toda essa maldade", exigiu Lusia Nascimento também no Twitter. "LeoDias e Antonia Fontenelle, que vocês paguem por isso", reforçou a internauta Isabella. Veja abaixo algumas reações do público contra os comunicadores. 

Nos perfis dedicados à vida dos famosos no Instagram, a reação do público era a mesmo. Houve ainda quem fizesse campanha para que o colunista e a candidata a deputada fossem banidos da plataforma. E, embora Dias tenha fechado os comentários da postagem que envolvia o nome de Klara, internautas passaram a atacá-los no post anterior, que envolvia outro assunto. 

"Tomara que você consiga dormir em paz junto com aquela múmia da Antonia por expor uma história tão macabra", escreveu Letícia Albino no Instagram do repórter. "Desumano o que você e sua comadre fizeram parando de te seguir agora", informou a internauta Bel Moura. "Tirou os comentários por quê? O mundo está perdendo o amor ao próximo. A história só cabe a ela", disse Vanessa Domingues. 

Entenda o caso

Na dia 16 de junho, em uma entrevista ao The Noite, do SBT, o apresentador Danilo Gentili questionou Leo Dias sobre algum caso muito grande que ele preferiu não tornar público. Sem citar nomes, o jornalista disse que passou por uma situação do gênero no mês de maio e afirmou que se tratava de uma atriz da Globo. "O karma vai chegar", disse o colunista na ocasião, acrescentando que a situação em si o levou a acreditar que a atriz teria feito algo errado. 

Na sexta (24), Antonia Fontenelle, também sem citar nomes, comentou a fala de Leo Dias em uma live e acrescentou mais detalhes à história, afirmando que a atriz em questão teria 21 anos e que o caso envolvia uma gravidez indesejada. A apresentadora afirmou ainda que a artista doou a criança após o parto. Internautas logo associaram o caso a Klara por causa das especificidades fornecidas por Antonia. 

Na sequência, na noite de sábado (25), Klara Castanho decidiu se pronunciar em um longe texto publicado nas redes sociais, afirmando que foi vítima de um estupro e que só descobriu que estava grávida pouco antes do parto. Klara acrescentou que fez tudo dentro da lei para entregar a criança para a adoção, além de confirmar que profissionais do hospital foram os responsáveis por vazar a informação. Veja o pronunciamento abaixo:


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube para conferir nossos boletins diários, entrevistas e vídeos ao vivo sobre reality show:


Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.