ACUSADO POR MAIS DE 50 MULHERES

Ícone das comédias familiares nos EUA, Bill Cosby é condenado por abuso sexual

Divulgação/NBC

Bill Cosby em foto promocional de The Cosby Show, um dos seriados mais vistos dos anos 1980 - Divulgação/NBC

Bill Cosby em foto promocional de The Cosby Show, um dos seriados mais vistos dos anos 1980

REDAÇÃO - Publicado em 26/04/2018, às 15h12

O ator Bill Cosby foi condenado nesta quinta-feira (26) por abuso sexual. O veterano de 80 anos era considerado uma grande figura paterna nos Estados Unidos, por ter estrelado as comédias familiares The Cosby Show (1984-1992) e Cosby (1996-2000). Ele foi acusado de assédio por mais de 50 mulheres, mas até então havia conseguido se esquivar da prisão.

A acusação que levará Cosby a passar até dez anos atrás das grades foi feita pela ex-jogadora de basquete Andrea Constand, que alega que, em 2004, o ator a drogou e, em seguida, cometeu o abuso sexual enquanto ela estava inconsciente. Andrea e Cosby tinham feito um acordo fora do tribunal em 2006 _ele pagou US$ 3,4 milhões (R$ 11,8 milhões, na cotação atual) para não ser julgado.

Segundo reportagem do Huffington Post, Cosby manteve o sorriso durante as considerações finais da acusação, o que levou a promotora a atacá-lo em frente ao júri. "Ele está rindo, como se isso fosse engraçado. Mas não há nada divertido no que se refere a mulheres que perderam o direito de consentimento", disse.

Ao contrário de julgamentos movidos anteriormente contra o comediante, o juiz Steven O'Neill permitiu que outras mulheres que acusam ele de assédio testemunhassem, porque seus casos foram considerados similares ao de Andrea. Entre as testemunhas, estavam a ex-modelo Janice Dickinson, considerada a primeira top model da história _ela também alega que Cosby a drogou e estuprou.

"Ali estava 'o pai dos Estados Unidos' em cima de mim. Um homem casado, com cinco filhos. E eu me lembro de ter pensado no quanto aquilo era errado. Muito, muito errado", declarou a ex-top model.

O julgamento de Cosby começou há três semanas e foi considerado o primeiro grande tribunal desde o início do movimento #MeToo (#EuTambém), no qual mulheres denunciavam assédios sofridos em Hollywood.

Queda de um ícone
Bill Cosby era o grande nome da comédia televisiva na década de 1980. O The Cosby Show, no qual ele vivia um pai de família que reagia com humor aos problemas da vida, estreou em 1984 como a terceira série mais vista da temporada. Nos cinco anos seguintes, foi o programa mais visto da TV americana.

Pelo papel de Cliff Huxtable, Cosby ganhou dois Globos de Ouro. Ele era tão querido que, em 2003, foi premiado com uma estatueta especial, o Prêmio Humanitário Bob Hope, na cerimônia do Emmy.

O comediante foi do céu ao inferno depois que as primeiras denúncias vieram à tona. A NBC planejava lançar uma série com o ator em 2014, mas mudou de ideia para não se envolver na polêmica. Reprises de suas produções também foram tiradas do ar.

Leia também

 

+ Lidas

Enquete

O novo Vídeo Show tem chance de sucesso?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook