TEMPOS MODERNOS

Grazi Massafera diz que fez pior novela da Globo com Antonio Fagundes: ‘Fracasso’

Zé Paulo Cardeal/TV Globo

Grazi Massafera caracterizada como Deodora de Tempos Modernos

Grazi Massafera caracterizada como Deodora de Tempos Modernos (2010); atriz considera trama um fracasso

FERNANDA LOPES - Publicado em 20/10/2019, às 17h53 - Atualizado às 18h31

Em alta como a Paloma de Bom Sucesso, Grazi Massafera admite que já teve momentos ruins em sua carreira na Globo. Um deles foi na novela Tempos Modernos (2010), em que atuou pela primeira vez com Antonio Fagundes. A atriz confessa que a experiência como a personagem Deodora não foi boa e que a trama em geral foi pior ainda.

"Eu fiz uma novela com ele [Fagundes] que foi um fracasso, né? Foi Tempos Modernos. Foi a pior novela da Globo, e eu fiz. Foi com ele, isso dá um acolhimento no meu coração. A gente se reencontrou [em Bom Sucesso] e falou: 'Agora a gente vai fazer uma novela, tomara [que dê certo]... Deus abençoe'. E abençoou, para gente esquecer. Mas tudo são experiências", disse Grazi, durante lançamento de sua linha de óculos, em São Paulo.

Tempos Modernos foi a quarta novela da atriz na Globo, e o folhetim de fato foi considerado um fiasco, em termos de crítica e audiência. A trama tecnológica, com um robô que interagia com Antonio Fagundes, e a pretensão de retratar a relação entre homem e máquina no século 21 não colaram. Escrita por Bosco Brasil, o folhetim derrubou a audiência das 19h e terminou com a pior média do horário até então, com 24 pontos.

Grazi interpretava a personagem Deodora. Começou como uma vilã, depois foi revelado que ela era uma robô. Em seguida, ela surtou e virou uma menina romântica no final da novela, segundo a própria intérprete. A trama e a atuação da atriz foram rejeitadas e criticadas.

Hoje, no entanto, Grazi está fazendo sucesso como a protagonista da novela das sete, que vai bem melhor do que Tempos Modernos na audiência da Globo. Mas a atriz conta que tem um truque: em todas as novelas que faz, ela leva um roteiro pessoalmente até o Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida, em Aparecida, São Paulo, e pede que a santa lhe ajude a decorar os textos.

"Eu não sou muito boa para decorar, não. Tanto é que eu já fiz até promessa para Nossa Senhora Aparecida. Na minha primeira novela, eu prometi pra santa: 'Se eu conseguir decorar esse texto até o final, eu levo esse texto na sala dos milagres. Decorei, deixei lá e agora todos vão pra lá", explica.

"Resolveu, estou fazendo quase 15 anos já de profissão.Todo início de personagem é muito difícil, depois você pega a essência, a maneira com que os autores escrevem", conta Grazi.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Quem é o personagem mais trouxa da TV?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook