HUMORISTA

Fábio Porchat revela pavor de ter filhos: 'Viram todos uns monstros'

REPRODUÇÃO/GNT

Fábio Porchat em seu programa Que História É Essa, Porchat? do GNT; humorista revelou pavor de ser pai - REPRODUÇÃO/GNT

Fábio Porchat em seu programa Que História É Essa, Porchat? do GNT; humorista revelou pavor de ser pai

REDAÇÃO - Publicado em 12/08/2019, às 15h28

Fábio Porchat revelou que tem pavor de ter filhos, diferentemente da mulher Nataly Mega, que deseja ser mãe. Nos bastidores do programa É de Casa, da Globo, Porchat falou sobre esse medo da paternidade. "Educar é um horror. Quando fica adolescente, vira tudo uns monstros. Não te obedece, bate o carro, é susto o tempo todo", explicou o apresentador do GNT.

Casado há mais de um ano com a diretora-executiva da produtora Filmland, Porchat contou que Nataly quer muito ser mãe, mas confessou que ele ainda tem muito medo de criar um filho.

Em entrevista ao Gshow, o humorista ressaltou que ama crianças, mencionando sua experiência com o sobrinho João, de dois anos. "Se tem coisa mais prazerosa do que ficar com ele, é devolvê-lo. Eu falo pra [minha irmã] Alice: 'Tá ótimo, muito obrigado, agora toma que o filho é seu'", finalizou Porchat.

Por enquanto, o protagonista da série Homens?, do Comedy Central (também disponível no serviço de streaming Amazon Prime), prefere curtir o casamento, com direito a restaurantes e viagens românticas. 

Confira um vídeo de Porchat com a mulher Nataly Mega em viagem à Islândia: 

 
 
 
View this post on Instagram

Minha mulher engolindo lama vulcânica e fazendo a melhor imitação da Velha Surda que eu já vi. Reparem na transmutação do rosto.

A post shared by Fabio Porchat (@fabioporchat) on


Novo programa no GNT 

Fábio Porchat estreou na semana passada o Que História É Essa, Porchat?, no canal GNT, um talk show com uma proposta diferente, segundo o humorista. 

"É muito interativo [o programa]. Eu gosto dessa coisa dos convidados esquecerem da plateia, do público querer participar. Aqui não tem gente dando opinião. Podemos não falar de Paulo Guedes de vez em quando? Eu só quero boas histórias! Até pode ter assunto politizado, mas sem discurso", explicou Porchat ao Notícias da TV.

O cenário é no modelo 360°, o que permite uma maior interação entre os convidados e a plateia, e também mostra o cuidado dos diretores para divulgar o clima intimista da produção. Além de um bar para o apresentador e os convidados relembrarem momentos divertidos da vida, fotos do acervo pessoal de Porchat e elementos como sofá, poltronas e luminárias, que relembram histórias da teledramaturgia brasileira, completam o ambiente familiar.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Você está curtindo o programa Se Joga?
Sim, é divertido e leve.
22.26%
Não é horrível, mas também não é bom.
26.34%
Não, achei muito ruim, uma vergonha.
26.99%
Prefiro A Hora da Venenosa.
24.40%

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook