Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

Zayn Malik

Ex-One Direction falta a casamento da irmã com condenado: 'É um bandido'

Reprodução/Instagram

O cantor Zayn Malik usando barba, de gorro preto e jaqueta azul

Zayn Malik em foto do Instagram; cantor não foi ao casamento da irmã por reprovar a relação dela

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 14/12/2020 - 10h35

Ex-integrante da banda One Direction, Zayn Malik faltou ao casamento da irmã Waliyha no último fim de semana, em Bradford, na Inglaterra, por desaprovar o relacionamento dela com o agora marido, Junaid Khan. O rapaz foi condenado pela Justiça do Reino Unido em 2017 por roubo de carro. O cantor se revoltou com a situação e chamou o cunhado de "bandido".

O músico nunca aceitou o envolvimento dos dois. "Não tem ninguém feliz com esse casamento por conta do que ele fez. Ele é um bandido, não é algo que ficou para trás, ele apenas saiu da prisão", afirmou uma pessoa próxima da família de Malik ao jornal britânico The Sun.

Apesar da ausência do irmão, Waliyha compartilhou algumas fotos da cerimônia nos Stories de sua conta no Instagram. Ela apareceu com seu look de noiva e cortando o bolo de seu casamento junto com o marido.

Waliyha no casamento com Junaid Khan (Reprodução/Instagram)

Enquanto acontecia o casamento da irmã na cidade natal de sua família, Zayn estava em sua residência na Pensilvânia, nos Estados Unidos, com a namorada, a modelo Gigi Hadid, e a filha de pouco mais de três meses --que ainda não teve o nome revelado.

O crime cometido por Junaid Khan ocorreu durante um assalto com o seu comparsa. De máscaras e armas, eles roubaram uma mulher idosa em frente à casa dela, a ameaçaram de agressão e levaram o veículo dela embora. Posteriormente, os dois foram identificados e detidos. Condenado a cinco anos, ele foi liberado mais cedo por conta de seu bom comportamento.


Leia também

Enquete

Qual a melhor novela no ar atualmente?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.