Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

NA JUSTIÇA

Ex-motorista de Gusttavo Lima processa cantor e pede mais de R$ 500 mil

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Gusttavo Lima em foto publicada no Instagram: ex-motorista foi demitido no começo de 2022

Gusttavo Lima: ex-motorista do sertanejo foi demitido no início de 2022 e entrou com ação

Um ex-motorista particular de Gusttavo Lima e Andressa Suita processa o casal por falta de pagamentos de direitos trabalhistas. O antigo funcionário alega que, após ter sido demitido no começo de 2022, não recebeu férias, horas extras e diferenças salariais. Supostamente lesado pelo cantor e a mulher dele, o profissional entrou na Justiça para pleitear R$ 527 mil. 

A informação do processo foi publicada pela coluna de Ancelmo Gois, do jornal O Globo, neste domingo (29). De acordo com a nota, a ação tramita na 3ª Vara do Trabalho de Aparecida de Goiânia, em Goiás, e já começa a ser discutida pelo órgão. 

Contratado em 2019 pelo casal, o ex-motorista também alegou nos documentos da ação que, somente por ter trabalhado fora do horário de contrato, a dupla deve R$ 190 mil a ele.

Os advogados do ex-funcionário do sertanejo também registraram no processo que o cliente também não tinha o direito a 11 horas de descanso entre as jornadas de trabalho. Eles cobram indenização por conta do desrespeito à legislação que determina o intervalo interjornada.

A assessoria de Gusttavo Lima foi procurada pelo Notícias da TV para comentar o caso, e esta reportagem será atualizada se os representantes do sertanejo responderem ao questionamento.


Leia também

Enquete

Pantanal perde audiência: novela está chata?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.