Há 45 anos

Eva Wilma relembra acidente grave, cirurgias e retorno a novela após 'quase morte'

Reprodução/Viva

A atriz Eva Wilma mostra onde fica sua cicatriz do acidente de carro no programa As Vilãs que Amamos - Reprodução/Viva

A atriz Eva Wilma mostra onde fica sua cicatriz do acidente de carro no programa As Vilãs que Amamos

REDAÇÃO - Publicado em 23/07/2019, às 05h04

Eva Wilma passou por um grande trauma na juventude, quando era a principal estrela de novelas da TV. Em 1973, ela estava dirigindo quando sofreu um grave acidente de carro, teve de passar por várias cirurgias e ficou com uma cicatriz no rosto. Mesmo assim, a atriz teve pouco tempo para se recuperar: apenas nove dias após o acidente, ela voltou a gravar Mulheres de Areia (1973), em que vivia as protagonistas Ruth e Raquel.

Em depoimento ao programa As Vilãs que Amamos, do canal Viva, Eva falou sobre as antagonistas marcantes que interpretou na Globo, como a Maria Altiva de A Indomada (1997) e a Raquel de Mulheres de Areia.

Foi então que ela relembrou essa tragédia de sua vida pessoal e a interferência que isso teve na novela e na reação do público --na época, Eva já era uma celebridade nacional.

A atriz contou que havia feito fotos para a capa de uma revista, O Cruzeiro, mas o fotógrafo quis refazer o ensaio, na praia. Eva concordou. Ela dirigia seu Fusca na serra de São Paulo para Santos quando aconteceu o acidente.

"Eu fui sozinha, estava chovendo. Descendo a serra, tinha um caminhão mais ou menos do lado. Eu não lembro por que, mas meu carro derrapou. O Fusquinha entrou debaixo do caminhão, deu perda total. A lataria passou por aqui [na bochecha], cortou músculo. Dá pra ver [a cicatriz] direitinho. Até hoje eu tenho grilo com isso, mas eu assumo", disse.

Eva ficou nove dias afastada da novela e passou por uma cirurgia plástica (mais tarde, fez mais duas), mas precisava voltar às gravações. A primeira cena desse retorno era do julgamento de Raquel.

"Eles colocaram de maneira que a minha cicatriz ficava totalmente em evidência. Ou seja, isso agravava os conflitos da minha Raquel. E eu estava com esparadrapo cirúrgico ainda", lembra.

A atriz acredita que o seu drama e estado de saúde delicado ajudaram a aumentar o interesse e a curiosidade dos telespectadores em relação à novela. "Isso foi uma comoção muito grande para o público também. Falavam: 'A Eva Wilma quase morre porque a Raquel é muito má?'", conta.

Hoje, Eva Wilma está com 85 anos e 66 de carreira na TV. Sua participação mais recente em novelas foi em O Tempo Não Para (2018).

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Quem é o personagem mais trouxa da TV?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook