Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

THIAGO GAGLIASSO

Acusado de ser funcionário fantasma, irmão de Bruno Gagliasso é promovido

REPRODUÇÃO/JOVEM PAN

O ator e funcionário público Thiago Gagliasso em entrevista à rádio Jovem Pan, na tarde desta quinta-feira (12)

Thiago Gagliasso em entrevista à rádio Jovem Pan, na quinta (12); funcionário público não é visto no trabalho

REDAÇÃO

Publicado em 13/12/2019 - 9h04

Acusado de ser funcionário fantasma no governo do Rio de Janeiro, Thiago Gagliasso, irmão de Bruno Gagliasso, será promovido de cargo estadual para federal nos próximos dias. O ator, que ocupava a cadeira de assistente na pasta de Cultura desde abril, será levado pelo ex-secretário Ruan Lira para trabalhar na Casa Civil. Segundo alguns colegas, Thiago é visto raramente em seu local de trabalho.

De acordo com o jornal Extra, outros funcionários públicos se impressionaram não só com a permanência de Thiago no cargo de assistente da Superintendência de Artes da Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Secec), já que ele não comparece ao trabalho, como com a promoção a um posto no governo federal. 

O salário de assistente é de aproximadamente R$ 5 mil, e Thiago deixará a pasta de Cultura após o trâmite burocrático exigido. Na Casa Civil, órgão ligado diretamente ao presidente Jair Bolsonaro, Ruan Lira assumirá uma área dedicada a grandes eventos. Ainda não se sabe qual será a nova função de Thiago, que será promovido junto com outros colegas do ex-secretário. 

Na tarde desta quinta-feira (12), o irmão de Bruno participou de uma entrevista na rádio Jovem Pan e revelou que sente vontade de disputar eleições no futuro. "Tenho que aprender mais, entender mais. Lá dentro você vê as coisas acontecendo e não acontecendo por tanta burocracia, dá agonia", lamentou ele. 

Apesar de estar muito envolvido com a política, Thiago não comentou sobre qualquer projeto da secretaria do Rio de Janeiro. O ator falou sobre as brigas com Bruno e a cunhada, Giovanna Ewbank, por ter apoiado Jair Bolsonaro nas eleições de 2018. "Ela não tem liberdade nenhuma para falar assim comigo. Nunca foi minha amiga, segura essa onda", disse. 

Por conta da briga, Thiago disse que não fala mais com Bruno, que apoiou a mulher. "Isso é momento, daqui a pouco volta. Sou fã dele como ator, como irmão, fiquei amarradão com ele na Netflix", avaliou ele. 

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você já tem seu favorito em A Fazenda 12?