Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

PROCESSO NO STF

Danilo Gentili sugere surra em deputados, e Câmara pede prisão do apresentador

Reprodução/Instagram

Danilo Gentili de terno preto, gravata azul, segurando a caneca do The Noite

Danilo Gentili no estúdio do The Noite; apresentador do SBT está sendo processado pela Câmara

MARÍLIA BARBOSA E LI LACERDA

marilia@noticiasdatv.com

Publicado em 2/3/2021 - 14h25

O deputado federal Luis Tibé (Avante-MG) pediu a prisão de Danilo Gentili após o apresentador do The Noite sugerir que a população invadisse a Câmara e desse uma surra nos deputados. A ação do procurador parlamentar foi apresentada ao STF (Supremo Tribunal Federal) em 27 de fevereiro.

O processo foi baseado no inquérito 4.781, o mesmo que prendeu o deputado Daniel Silveira (PTB-RJ), que incitou apoiadores a baterem em ministros do STF. 

De acordo com apuração do Notícias da TV, a ação foi enviada ao Ministro Alexandre de Moraes para decisão na última quarta-feira (3). Ele foi o responsável por determinar a prisão de Silveira. Existe a possibilidade de ele encaminhar o caso para a Procuradoria-Geral da República, arquivar ou pedir que a ação seja enviado à primeira instância, pois Gentili não tem imunidade parlamentar para ser julgado pela corte.

No último dia 25, o funcionário do SBT criticou a chamada PEC da Imunidade, conhecida como PEC da Impunidade e escreveu em seu perfil no Twitter: "Eu só acreditaria que esse país tem jeito se a população entrasse agora na Câmara e socasse todo deputado que está nesse momento discutindo PEC de imunidade parlamentar".

Tuíte de Danilo Gentili (Reprodução/Twitter)

Na última segunda-feira (1º), sem citar se já tinha sido notificado sobre o processo, o humorista confirmou que foi alvo de críticas de deputados, mas deu a entender que concordou com as reclamações dizendo que elas foram justas.

"Eu fiz um tuíte que foi alvo de justas críticas por alguns deputados. Quem me segue sabe que sempre defendi as instituições. Aliás, minha briga com bolsonaristas foi justamente pelo fato de eu ser contrário aos pedidos criminosos de fechamento do STF e do Congresso", disse.

Procurada, a assessoria de imprensa da Câmara dos Deputados confirmou a existência do processo contra o apresentador, mas disse que ainda não há novas informações.

"A Procuradoria da Câmara dos Deputados peticionou uma notícia crime, junto ao Supremo Tribunal Federal, pedindo a prisão em flagrante de Danilo Gentili, sob o argumento de que o apresentador divulgou, em suas redes sociais, discursos de ódio em relação a membros da Câmara dos Deputados".

A equipe reiterou que existe a chance de a ação estar correndo em segredo de Justiça, o que impede a divulgação de detalhes do caso. A reportagem também tentou entrar em contato com a equipe do humorista, mas não obteve retorno até a publicação deste texto.


Leia também

Web Stories

+
De série com Liniker a nova temporada de Elite: Confira os lançamentos da semanaBastidores de O Diabo Veste Prada tiveram atriz deprimida e look vetado, saiba maisJuliette, Zico e Anitta: Sete celebridades que viraram tatuagens de fãsOportunidade de brilhar: Cinco PCDs que atuaram na TV brasileiraLançamentos da semana têm filme indicado ao Oscar e comédia sangrenta

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você gostou da escolha da reprise de Pega Pega?