Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
X
Instagram
Youtube
TikTok

'NÍVEL BAIXÍSSIMO'

Após ressuscitar fofoca, José de Abreu põe ponto-final em briga com Murilo Rosa

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

José de Abreu está na frente de um fundo preto e usa uma camisa azul; ele está sério e olha para um ponto além da câmera

José de Abreu na série Ofício em Cena (2019); ele anunciou que "já chega" de falar sobre briga

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 1/6/2024 - 10h09

José de Abreu se cansou da troca de farpas com Murilo Rosa e Maria Zilda Bethlem nas redes sociais. Após fazer mais uma postagem sobre o tema --a segunda desde o desabafo quanto à acusação da atriz de que ele teria mau hálito--, o artista anunciou que não falará mais nada desse assunto na noite desta sexta (31). Afinal, segundo ele, "ninguém suporta" os dois atores.

"Gente, na boa, Maria Zilda e Murilo Rosa são duas faces da mesma moeda. Atores medíocres, seres humanos de nível baixíssimo. Ninguém os suporta. E chega disso", postou ele, dando um fim na confusão.

Mais cedo, ele afirmou ter recebido um telefonema de Rosa. "Atendi sem sabem quem era. Quando se identificou, mandei à merda e desliguei. Seleciono meus amigos", declarou o artista.

O intérprete de Afonso Corte Real em A Casa das Sete Mulheres (2003), contudo, já havia feito uma postagem para debater as ofensas do ex-colega de trabalho. Ele usou os nomes dos personagens deles na minissérie para traçar um paralelo.

"Corte Real teve seu momento apoteótico, quando este senhor de capa preta chega tarde, atrasado e nitidamente alterado, acusando o Corte Real de 'roubar cenas'… Era a deixa esperada há tempos para o grande acerto com este homem do olhar invejoso. Ali naquele camarim, quem viu, presenciou um rato se encolhendo em sua insignificância", arrematou.

Toda essa confusão começou quando José de Abreu resgatou uma live de 2020. À época, a fase mais aguda da pandemia de Covid-19, Maria Zilda tinha um projeto de transmissões ao vivo com convidados. Naquele dia, Murilo Rosa a acompanhava, e os dois começaram a falar sobre os perrengues da profissão.

Maria, então, citou o "beijo com bafo" de José de Abreu: "Era uma coisa insuportável. Evidentemente, ele bebia. Era [cena] externa. Ele suado e já tinha o cheiro do suor, mais o do cigarro, mais o da bebida. Era uma coisa insuportável. O Zé era um bicho", criticou a atriz na ocasião.

Na quarta (29), o veterano afirmou ter chegado ao seu limite com "tanta sacanagem" quanto ao seu hálito nos últimos anos. "Cansei de ser acusado por uma fracassada que só conseguiu ser protagonista porque casou com o Talma. Se separaram, a carreira acabou. Né, Zildede Zil? Chega! Não vou aguentar uma ex-atriz que não detém nenhum respeito entre seus pares dizendo merda sobre mim", chegou a dizer ele. 


Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.