Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

MANTO VIGORADO

Após ataque homofóbico, Sport faz homenagem a Gil do Vigor em campo

Divulgação/Sport Recife

Gil posa ao lado de uma camiseta número 21 com o nome "Gil do Vigor", além de um mascote do clube em mãos

Na última quarta-feira (12), Gil do Vigor visitou a Ilha do Retiro, estádio do Sport

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 16/5/2021 - 15h45

O Sport Club do Recife decidiu homenagear Gil do Vigor, ex-BBB e torcedor do time, no jogo da final do Campeonato Pernambucano contra o Náutico. Neste domingo (16), os jogadores entrarão com a alcunha "do Vigor" estampada ao lado de seus nomes na camisa. Além disso, o capitão Patric usará uma braçadeira com as cores da bandeira LGBT+. 

A decisão foi tomada após um membro do conselho do time atacar a visita do economista gay à Ilha do Retiro, estádio da equipe, na última quarta-feira (12). Na ocasião, Flávio Koury condenou as dancinhas que Gil fez no local.

"Se ele tivesse feito essa dancinha na casa dele, no bordel, onde quisesse, não estou nem aí. Mas foi dentro da Ilha do Retiro [estádio do Sport], né rapaz?", disse o conselheiro. Em entrevista ao JC, ele se defendeu afirmando que sua fala foi tirada de contexto. 

Depois do clássico contra o Náutico, que começa hoje às 16 horas, as camisas "do Vigor" serão vendidas, e todo o dinheiro arrecadado será doado para uma ONG que faz ações a favor da população LGBT. 

Os jogadores ainda dançaram o "tchaki tchaki" depois que Everaldo abriu o placar em favor da agremiação esportiva.

O time já tinha repudiado a atitude do conselheiro no mesmo dia em que o áudio veio à tona. Na nota, o Sport assegurou que tomará providências para que o ato seja penalizado, mas ainda não divulgou nenhuma mudança em seu Conselho Deliberativo. 

Além do próprio clube, outros famosos manifestaram apoio a Gil diante do ataque homofóbico. Campeã do BBB21, Juliette fez questão de mostrar seu apoio ao companheiro de reality: "Seremos resistência", disse a milionária. 

Andreia Sadi, Deborah Secco, Pabllo Vittar e até o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva também demonstraram estar do lado de Gilberto após o ocorrido. 

Confira vídeos com as ações do Sport contra ataques homofóbicos


Leia também

Enquete

Você gostou dos primeiros capítulos de Verdades Secretas 2?

Web Stories

+
Mitomaníaco, sem noção ou exibido? 5 vezes que Gui Araujo falou demais em A FazendaDe vendedor de pastéis a diretor de cinema: Por onde anda o elenco de Malhação 2008?Como aconteceu acidente com Alec Baldwin que matou fotógrafa no set de novo filmeCinco casais que se formaram no Casamento às Cegas Brasil e você não sabiaElenco de Verdades Secretas 2: Conheça os novos personagens da novela

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas