PROIBIDO NO RIO

Apoiador de Bolsonaro, Luís Ernesto Lacombe vai ao supermercado sem máscara

AGNEWS

Montagem de duas fotos de Lacombe sem usar máscara de proteção

Luís Ernesto Lacombe é flagrado sem máscara em supermercado no Rio de Janeiro; decreto proíbe

REDAÇÃO - Publicado em 30/05/2020, às 16h08

Apoiador de Bolsonaro, o jornalista Luís Ernesto Lacombe foi flagrado neste sábado (30) sem máscara na saída de um supermercado, na zona sul do Rio de Janeiro. Além de não respeitar as recomendações do Ministério da Saúde, o titular do Aqui na Band infringe um decreto municipal. Os cariocas são obrigados a utilizar o equipamento de proteção individual desde abril.

O flagra foi registrado por um fotógrafo que estava no local. Nas imagens, o jornalista está acompanhado de sua mulher, Gisa Colombo, e ambos estão colocando suas compras no porta-malas de um carro. Segundo o decreto municipal, Lacombe poderia ser multado e impedido de frequentar o estabelecimento. 

O presidente Jair Bolsonaro também andou em público sem máscara neste sábado. O político foi visto tirando foto com apoiadores em uma lanchonete na cidade de Abadiânia, em Goiás. 

Alinhamento com o presidente 

Apesar do episódio de hoje ser uma coincidência, o jornalista já se mostrou alinhado com algumas posições do presidente da República. Em julho do ano passado, no programa Aqui na Band, ele afirmou ser a favor do porte de armas. Na época, ele e Silvia Poppovic, que também apresentava o vespertino, discordaram no ar. 

"A gente tem o porte e a posse de armas proibida no Brasil há vários anos e a violência só cresce. Há dados que mostram que Estados americanos, em que o porte de armas é permitido, têm índice de violência inferior àqueles que não permitem. Então é uma questão de liberdade individual. Silvia não quer ter arma. Eu, talvez, também não quero ter arma, mas acho que, a partir do momento que a segurança pública para defender os cidadãos como nós gostaríamos...", disse ele.

Silvia o interrompeu no mesmo instante. A apresentadora não gostou de ver a opinião contrária do colega e o repreendeu no ar. "A criminalidade não aumentou porque as pessoas não têm armas. Ao contrário, a criminalidade aumentou apesar das pessoas. O raciocínio é outro", cortou a veterana. 

Com a saída de Poppovic, Lacombe e o diretor Vildomar Batista passaram a levar para o programa da Band pautas favoráveis a Jair Bolsonaro, causando atrito com o departamento de Jornalismo da emissora.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Na casa de que famoso você passaria a quarentena?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook