Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

BASTANTE DIFERENÇA

Campeão do BBB2, Rodrigo Cowboy ressurge na Globo e aparência assusta internautas

DIVULGAÇÃO/TV GLOBO e REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Montagem de fotos com Rodrigo Cowboy em 2002 e outra com ele em vídeo gravado para o Boletim Selfie BBB

Rodrigo Cowboy em 2002, quando ganhou o BBB2, e em vídeo gravado para o Boletim Selfie BBB20

REDAÇÃO

Publicado em 8/4/2020 - 19h16

Campeão da segunda edição do Big Brother Brasil, em 2002, Rodrigo Leonel, mais conhecido como Cowboy, ressurgiu no Boletim Selfie BBB20 na madrugada desta quarta-feira (8). A aparência do treinador de cavalos assustou os telespectadores da Globo. Aos 50 anos, ele está muito mais magro e bastante diferente do que era 18 anos atrás.

O print do vídeo enviado por Rodrigo para o Boletim Selfie BBB20 foi compartilhado em páginas do Twitter usadas para comentar o reality, como Reality Social e Vem Big Brother. Os internautas repercutiram as impressões que tiveram com a imagem.

"Gente, como o Rodrigo envelheceu. Parece o Dedé Santana", opinou Maicon Menezes no Twitter. "Nossa, o Rodrigo está muito diferente", observou Nonato Souza. "Meu Deus, como o tempo passa", disse Bia Cardoso.

"Ele tá acabado, nem parece ele. Dinheiro sempre ajuda a gente, mas quando é mal administrado dá nisso", escreveu o tuiteiro Thiago Vinício. "Meu Deus, eu lembro do Rodrigo novo. O dinheiro às vezes destrói, nesse caso foi a falta dele", disse Rafa Holanda.

Depois de perder os R$ 500 mil que recebeu como prêmio em 2002, Rodrigo voltou a trabalhar como treinador de cavalos e também atua como corretor de imóveis em Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, onde mora de aluguel com a família. Em entrevista no ano passado para o programa Domingo Show, da Record, ele explicou como perdeu a bolada que recebeu do reality da Globo.

"Eu recebi o dinheiro 30 dias após o programa, tirei tudo do banco. Peguei esse dinheiro e comprei mil bezerros, na época custava R$ 350 reais. E paguei dois anos de aluguel de uma fazenda. Aí foi onde gastei tudo", lamentou ele, que também investiu em apartamentos para a mãe e para as duas filhas de casamentos anteriores. Segundo Rodrigo, os imóveis das filhas precisaram ser vendidos.

Os negócios não deram certo e Rodrigo não recuperou o investimento. "Não esbanjei, só que deixei nas mãos de terceiros, não cuidei pessoalmente. E não era meu negócio", completou ele, que também se endividou com banco.

"Tive que vender metade do meu gado para quitar a dívida. Em 2008 o dinheiro acabou. Errei demais. Nem conta em banco eu tenho... Se você não tem a paz financeira, você não dorme, porque no outro dia você tem que colocar comida na mesa. Na verdade, a gente tem o bom na mão e não sabe", afirmou.

Veja abaixo uma foto publicada por ele no Instagram em janeiro deste ano:

Ver essa foto no Instagram

Mais um dia de trabalho bovino

Uma publicação compartilhada por Rodrigo Leonel (Cowboy) (@cowboyrodrigoleonel) em

Atualmente, o ex-BBB mora com a mulher e o filho caçula em uma casa alugada em Ribeirão Preto. Depois que saiu do BBB, Rodrigo Leonel também ganhou dinheiro com publicidades e presenças VIP, mas não quis seguir a carreira artística.

"Eu não quis mais saber de televisão, e ninguém mais me contratava. Não quis fazer teatro porque sou ruim para decorar. Não achei um jeito de me encaixar", afirmou ele, que revelou ainda que perdeu um dedo da mão em dezembro ao laçar um boi.

Apesar das dificuldades financeiras, Rodrigo disse que vive feliz com a família. "Não passo fome, necessidade. Tem muita gente que nos ajuda", agradeceu. No palco do Domingo Show, com Geraldo Luís, em julho do ano passado, o ex-BBB ganhou R$ 10 mil de uma loja de departamento e agradeceu a oportunidade do programa.

Veja abaixo a repercussão da participação de Rodrigo Cowboy no Boletim Selfie BBB20, da Globo:

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você quer ver no retorno de Amor de Mãe?