Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

MAIS UM CHERNOBOY

BBB20: Fãs pedem expulsão de Pyong Lee por assédio a Flayslane e a Marcela

REPRODUÇÃO/GLOBO

Imagem de Pyong Lee no BBB20

Pyong Lee tentou beijar Marcela Mc Gowan na última festa realizada no confinamento do BBB20

REDAÇÃO

Publicado em 9/2/2020 - 17h48

Os fãs do Big Brother Brasil 20 começaram uma campanha para que o hipnólogo Pyong Lee seja expulso do programa. Segundo eles, as atitudes do brother na festa Guerra e Paz, realizada na madrugada deste domingo (9), representam assédio e traição do relacionamento dele com a influenciadora digital Sammy Lee, grávida de nove meses.

Durante a festa, o hipnólogo apalpou as nádegas da cantora Flayslane Raiane sem seu consentimento e tentou beijar a médica Marcela McGowan contra sua vontade, situações criticadas pelos internautas e também associadas por eles ao caso do ginasta Petrix Barbosa, eliminado do programa na última semana.

Desde a saída do ginasta, Pyong foi um dos brothers salvos do cancelamento digital por sempre ter apoiado as mulheres da casa e não ter participado do "Teste de Fidelidade" encabeçado por Hadson Nery, Felipe Prior e Lucas Gallina.

No entanto, com os eventos da madrugada, os internautas demonstraram-se decepcionados com o hipnólogo. No Twitter, o nome de Pyong e a tag #PyongExpulso ficaram na lista dos assuntos mais comentados neste domingo. Confira alguns tweets:

Tudo bem dentro da casa

Após as atitudes de Pyong na festa, Marcela o chamou para conversar na manhã deste domingo e disse que não viu problema nas atitudes dele, mas que ficou preocupada com o que sua esposa poderia pensar do caso.

"A única coisa é que não sei como tua mulher lida com isso. Você [Pyong] ficava tentando abraçar, se ela é de boa com isso, beleza. (...) Baby, você não tem que pedir desculpas de nada. Para mim está de boa, real. Dei risada só", disse ela para Pyong.

Já a cantora Flayslane não comentou o caso com o hipnólogo. Após a apalpada na festa, ela seguiu dançando para um lado e ele para outro.

Na internet

Além da campanha #ForaPyong, dois movimentos ganharam força no Twitter. Um deles por causa de um comentário realizado pelo youtuber Felipe Neto que, sem citar o nome de Pyong e deixando claro que não estava falando de nenhuma mulher, disse que era questão de tempo para a máscara do hipnólogo cair.

Por causa do comentário, o nome do youtuber também entrou na lista dos assuntos mais comentados, onde os usuários da rede social afirmam que Felipe sabe mais informações sobre o hipnólogo.

O segundo movimento é a tag "NUNCA FOI PELA CAUSA", encabeçada pelos fãs do ginasta --ele foi o "chernoboy"’ que mais conquistou seguidores após a polêmica.

Segundo eles, a alta rejeição de Petrix e a instauração do inquérito para apurar se ele cometeu ou não o crime de importunação sexual no programa só ocorreu por causa do ódio de parte dos internautas e que eles estariam relativizando as atitudes de Pyong por ser um dos favoritos da atração global.

Nessa tag, os fãs também comentaram a suposta relativização feita pela atriz Bruna Marquezine, que atuou fortemente para a eliminação de Petrix e agora minimiza o caso de Pyong:

Últimas de BBB20

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Quem deve ser a nova Juma Marruá?