Lady Night

Surpresa do ano, Tatá Werneck encerra temporada vista por 11 milhões de pessoas

Gianne Carvalho/Multishow

Tatá Werneck entre as sertanejas Simone e Simaria, convidadas do Lady Night de hoje (12) - Gianne Carvalho/Multishow

Tatá Werneck entre as sertanejas Simone e Simaria, convidadas do Lady Night de hoje (12)

MÁRCIA PEREIRA - Publicado em 12/05/2017, às 05h28

Tatá Werneck surpreendeu à frente do Lady Night. O talk show encerra sua primeira temporada nesta sexta (12) com recorde de audiência e elogios da crítica. Foi visto durante pelo menos um minuto por um total de 11 milhões de pessoas e colocou o Multishow na liderança da TV paga no seu horário de exibição, às 22h30. Novos episódios já estão no forno. A segunda temporada será gravada em julho e exibida em outubro.

Cheia de graça, Tatá Werneck cantou, dançou, rebolou, apalpou e beijou muito nos 25 episódios. Com boa repercussão nas redes sociais, conseguiu outro feito: bateu recorde de acessos no aplicativo Multishow Play.

Na plataforma digital do canal, foram mais de 450 mil horas assistidas em mais de 1,5 milhão de visualizações. Quem perdeu, pode conferir. Todos os episódios, inclusive o desta sexta, já estão disponíveis.

Pela primeira vez, a humorista participou de todas as etapas de um programa que apresenta, da produção à finalização. O esforço valeu a pena. Ela passou mais de um mês dormindo e acordando só para o talk show. Desde 2013, Tatá vinha gravando programas e novelas ao mesmo tempo.

Questionada se é o olhar feminino é o segredo do Lady Night, ela diz que não. "Nunca me coloquei como uma mulher fazendo alguma coisa, sempre me coloquei no meio dos homens sem pensar nisso. O olhar feminino é especial, mas o meu tem um lado masculino também", diz.

A estratégia de Tatá é não usar o convidado como escada para o humor. Divertiu porque desarmou quem sentava no seu sofá, arrancando respostas espontâneas.

A segunda temporada já tem uma lista de nomes que não rolaram na primeira por causa de agenda. Entre eles estão Ivete Sangalo, Marco Nanini e Wagner Moura.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

 

+ Lidas

Bloco de Notas

Irmão na mira

Bob Weinstein durante fórum em Hollywood; produtor é acusado de assédio sexual - Divulgação Após o produtor Harvey Weinstein ser acusado de assédio, abuso sexual e estupro, o irmão dele, Bob, também se tornou alvo de denúncias. Ambos são os fundadores dos estúdios The Weinstein Company, entre os mais ... Leia +

Leia todas as notas

Enquete

Bibi merece redenção em A Força do Querer?

Redes sociais

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook