Marco na TV

Primeira artista a se declarar gay na TV, Ellen festeja 20 anos fora do armário

Divulgação/ABC

Ellen DeGeneres (à esq.) com Laura Dern em episódio histórico da comédia Ellen, em 1997 - Divulgação/ABC

Ellen DeGeneres (à esq.) com Laura Dern em episódio histórico da comédia Ellen, em 1997

JOÃO DA PAZ - Publicado em 28/04/2017, às 06h31

A comediante Ellen DeGeneres celebra nesta sexta (28) duas décadas de uma revelação bombástica que sacudiu a TV norte-americana. Em fevereiro de 1997, no programa da apresentadora Oprah Winfrey, ela assumiu publicamente sua homossexualidade. Dois meses depois, foi capa da revista Time com a manchete "Sim, eu sou Gay". Ao mesmo tempo, sua personagem na comédia Ellen (1993-1998) se revelava lésbica.

"Foi a primeira vez que uma personagem principal de uma série de TV saiu do armário", dirá Ellen na edição especial de seu talk show que irá ao ar nesta sexta nos Estados Unidos. No programa, ela promove um reencontro com os atores Joely Fisher, Clea Lewis e David Anthony Higgins, protagonistas da comédia.

Também participam do programa a ex-apresentadora Oprah, que na série interpretou a psicóloga de Ellen Morgan (personagem de Ellen DeGeneres), e Laura Dern (a Renata de Big Little Lies). A atriz viveu o interesse romântico de Ellen na trama e ouviu as palavras "eu sou gay" da boca da loira.

divulgação/Ellen Degeneres

Oprah Winfrey (à esq.) e Laura Dern em especial do talk show da comediante Ellen DeGeneres

Em vídeo do programa especial divulgado por Ellen, ela conta que os diretores da rede ABC receberam com ironia a ideia da saída no armário.

Sua personagem estava havia quatro anos sem um relacionamento, e os roteiristas criaram uma história na qual ela assumia gostar de uma mulher. "Deem a ela um cachorrinho [para se apegar]", responderam os executivos sobre a trama. Por isso, o capítulo controverso ganhou o título criptografado de O Episódio do Cachorrinho.

Rebuliço
Exibido na reta final da quarta temporada e visto por 42 milhões de telespectadores nos Estados Unidos, o episódio se tornou um marco da TV, mas trouxe consequências indesejadas.

A ABC decidiu renovar Ellen por mais um ano, que acabou sendo o último. A série levantou questões sobre gays na temporada final e perdeu público gradativamente.

A tensão entre Ellen e a ABC se intensificou, em parte pela decisão da rede norte-americana de inserir, antes de cada episódio, um aviso aos pais sobre o conteúdo não apropriado para crianças e adolescentes.

Quando o episódio completou dez anos, em 2007, Laura Dern foi entrevistada por Ellen e fez um desabafo. Segundo a atriz, interpretar Susan, a namorada de Ellen na série, prejudicou sua carreira. Ela ficou um ano e meio sem trabalhar.

Exibida no Brasil pelo canal Sony, Ellen trouxe uma trama bem básica. Apresentou a rotina de uma dona de livraria na casa dos 30 anos que lidava com problemas cotidianos, ao lado de amigos excêntricos e uma família desajustada. A comédia foi indicada a dez prêmios Emmy e ganhou três, dois deles pelo Episódio do Cachorrinho: roteiro e edição.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

 

+ Lidas

Bloco de Notas

Sean Penn na TV

Sean Penn em O Franco-Atirador (2015), seu mais recente trabalho no cinema - Divulgação/Open Road Films O ator Sean Penn, duas vezes vencedor do Oscar (Milk: A Voz da Igualdade, Sobre Meninos e Lobos), será o protagonista de The First, série da plataforma Hulu desenvolvida por Beau Willimon, criador de House ... Leia +

Leia todas as notas

Enquete

O Emmy foi...

Redes sociais

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook
Click Click