NOVA GRADE

Band transforma Datena em Silvio Santos para atrair famílias e mulheres

Divulgação/Band

José Luiz Datena no comando do Quem Fica em Pé?, de 2012: ele voltará à faceta divertida - Divulgação/Band

José Luiz Datena no comando do Quem Fica em Pé?, de 2012: ele voltará à faceta divertida

LUCIANO GUARALDO - Publicado em 06/02/2018, às 06h05

Em seu novo programa aos domingos, José Luiz Datena trocará o jornalista sisudo do Brasil Urgente por uma faceta mais leve, de comunicador divertido. O apresentador será uma espécie de Silvio Santos da Band, uma das principais armas da emissora em sua grade para 2018. Em crise, o canal planeja renovar boa parte de sua programação com atrações de baixo custo visando atrair toda a família e, em especial, as mulheres, renegadas nos últimos anos.

Responsável pelas maiores audiências da Band durante a semana, Datena não deixará o Brasil Urgente para comandar a atração provisoriamente chamada de Agora É com Datena. Assim, desenvolverá uma dupla identidade: de segunda a sexta, seguirá à frente do programa policial; aos domingos, sorrirá e brincará na TV.

A nova atração será um programa de variedades, com direito a auditório, convidados e games. Deve, inclusive, contar com uma adaptação do formato israelense Raid the Cage, um jogo de perguntas e respostas misturado com uma corrida contra o tempo. A atração, que pertence à Sony, tem feito sucesso mundialmente.

Os rumores de que o dominical poderia ter cinco horas de duração são minimizados por Guillermo Pendino, diretor de conteúdo da Band. "Assim como no futebol todo mundo é técnico, na TV todo mundo quer fazer a programação. Ainda não sabemos quanto tempo o programa vai durar, é algo que estamos definindo", diz.

O executivo confirma que o jornalista vai conciliar o novo programa com o Brasil Urgente. "Mas é evidente que se [a atração dominical] tiver umas 16 horas, vamos repensar a estratégia", exagera. A estreia está prevista para 1º de abril.

A reinvenção de Datena faz parte da estratégia da Band para 2018: oferecer conteúdos variados, sem muito custo, para atrair um público que, até o momento, não era prestigiado. "Nós estamos buscando uma grade que atinja todos os integrantes da família. É um novo conceito de programação para este ano", justifica.

O público feminino, por exemplo, que atualmente é contemplado apenas com os matinais Dia Dia e Sempre Bem, ganhará uma nova opção com o Melhor da Tarde com Cátia Fonseca. O formato deve seguir o feito por Cátia nos 15 anos que passou à frente do Mulheres, da Gazeta: fofocas, receitas e dicas de saúde.

Porém, Pendino nega que a Band vá virar um canal feminino. "Vamos oferecer uma diversidade de conteúdo. Não podemos abandonar nunca o DNA da emissora, que é esporte e jornalismo. Os programas esportivos [Jogo Aberto, Os Donos da Bola e Terceiro Tempo] vão continuar na grade", explica ele, que não confirma (ainda) a exibição da Copa do Mundo da Rússia: "É algo que estamos negociando".

A emissora também tem planos de explorar a versatilidade de outro jornalista da casa, Milton Neves: "Não batemos o martelo ainda, mas é um forte desejo nosso. Não para abandonar o DNA de esportes do Milton, mas aproveitar o potencial de comunicador que ele tem", conta o diretor de conteúdo.

Questionado sobre o momento difícil atravessado pela Band, que abriu mão do Pânico e demitiu vários profissionais, o argentino confirma que o período não foi fácil. "A Band teve um ano difícil, por isso a mudança estratégica. Para fazermos TV, precisamos de dois ingredientes básicos: Ibope e receita", resume.

Para garantir a receita, o horário vendido para o pastor R. R. Soares em pleno horário nobre é imexível. Mas Cátia Fonseca, conhecida como rainha do merchandising em sua passagem pela Gazeta, também deve ajudar no caixa da empresa.

"Eu não falaria que ela é nossa esperança, porque seria muita pressão. Não é uma pessoa sozinha que vai fazer a diferença, é o trabalho de uma equipe toda", desconversa ele.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

 

Notícias da TV Recomenda

Liga da Justiça

Liga da Justiça

Ficha técnica: Justice League. EUA/Reino Unido, 2017, 119 min. Direção: Zack Snyder, Joss Whedon. Elenco: Ben Affleck, Henry Cavill, Gal Gadot, Jason Momoa, Ezra Miller, Ray Fisher, Amy Adams, Jeremy Irons, Ciarán Hinds. Disponível no Now.

Sinopse: Depois do sacrifício de Clark Kent (Cavill) durante o embate entre os dois, Bruce Wayne (Affleck) recupera sua fé na humanidade e, com a ajuda da amazona Diana (Gal), forma um grupo de heróis com habilidades especiais para enfrentar a ameaça intergaláctica do Lobo da Estepe (Hinds).

Por que assistir: Esperado há décadas por fãs de histórias em quadrinhos e super-heróis, o longa reúne os três nomes mais conhecidos do gênero, Batman, Superman e Mulher-Maravilha, em uma aventura de tirar o fôlego. Para quebrar o clima sombrio de filmes anteriores, o divertido Flash (Miller) surge como alívio cômico. Até o desprezado Aquaman (Momoa), sempre motivo de piadas, ganha destaque em sua primeira aparição relevante nas telonas.

Assista agora no NOW

+ Lidas

Bloco de Notas

Novo The Voice

As cantoras Hailee Steinfeld e Kelly Clarkson estão na 14ª temporada do The Voice - Divulgação/Sony A partir do dia 28, o canal Sony transmitirá a 14ª temporada do The Voice, em sua versão norte-americana. Os episódios inéditos contam com uma nova técnica: a cantora Kelly Clarkson. Vencedora primeira temporada do ... Leia +

Leia todas as notas

Enquete

Com quem Maria Vitória deve ficar em Tempo de Amar?

Redes sociais

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook