Vinte anos depois

Por onde andam sete atrizes que eram promessas das novelas em 1998?

Divulgação/TV Globo

As atrizes Karina Barum, da novela Torre de Babel, e Juliana Baroni, estrela de Malhação - Divulgação/TV Globo

As atrizes Karina Barum, da novela Torre de Babel, e Juliana Baroni, estrela de Malhação

REDAÇÃO - Publicado em 06/02/2018, às 05h59

O ano de 1998 marcou a vida de várias atrizes estreantes que conquistaram fama por seus trabalhos em novelas da Globo. O sucesso, porém, não durou muito. Vinte anos depois, várias delas diminuíram o ritmo de trabalho ou sumiram de vez da TV. Algumas passaram a se dedicar a projetos pessoais, como a maternidade, e mudaram totalmente de rumo e carreira.

Karina Barum e Juliana Baroni, grandes promessas da década de 1990, hoje vivem longe dos Estúdios Globo. A primeira está mais próxima da família em Florianópolis, onde dá aulas de teatro. A segunda mora em São Paulo com o marido e a filha, mas fica frequentemente com eles em seu sítio no interior do Estado.

Já Nivea Stelmann e Carolina Abranches deram um tempo nas carreiras de atriz. Nivea mora nos Estados Unidos e virou apresentadora de um canal de lá, enquanto Carolina preferiu deixar a TV para trás, cuidar do filho e escrever livros infantis. 

Veja como estão hoje sete atrizes que se destacaram na TV:

divulgação Globo/Reprodução Instagram

Nivea Stelmann na época de Era Uma Vez (1998) e em Orlando (EUA), gravando seu programa

Nivea Stelmann
Nos anos 1990, Nivea Stelmann tinha uma carreira ascendente na Globo. Fez várias personagens e chegou a atuar em mais de uma novela por ano. Em 1998, esteve em Era Uma Vez na pele de Babi, uma garota recatada que era obrigada pela mãe a usar roupas curtas e sensuais.

Na década seguinte, Nivea se destacou em novelas como Chocolate com Pimenta (2004) e Alma Gêmea (2005), além de ser repórter do Vídeo Show em 2008. Sua última novela foi A Terra Prometida (2016), da Record.

Desde o ano passado, Nivea mora em Orlando (EUA) com a família. Lá, apresenta o Nivea Stelmann na América, no canal norte-americano CBTV, voltado ao público brasileiro. No programa, ela fala sobre entretenimento, Disney e famosos brasileiros nos Estados Unidos. 

divulgação

Karina Barum fez muito sucesso como a Shirley de Torre de Babel; hoje, mora em Florianópolis

Karina Barum
A atriz Karina Barum ganhou muita repercussão em 1998 como a manca Shirley, personagem sofrida da novela Torre de Babel. Depois, não fez mais novelas das nove: atuou em Louca Paixão (1999), na Record, e A Padroeira (2000), na Globo, além de participar de Carga Pesada (2006) e Linha Direta (2007).

Seu último papel na televisão foi em episódios do programa Tribunal na TV (2011), da Band. Desde 2011, Karina mora em Florianópolis, Santa Catarina. Lá, ela dá aulas de teatro e atua em peças e filmes _fez uma participação no longa Pequeno Segredo (2016), escolhido para representar o Brasil no Oscar, por exemplo.

reprodução/Facebook

Carolina Abranches fez Meu Bem Querer em 1998 e deixou a carreira para cuidar do filho

Carolina Abranches
Em 1998, Carolina Abranches tinha 21 anos e começava a se destacar na TV. Ela fez a novela Meu Bem Querer (1998), no papel de Lara, uma jovem rica que não ligava para bens materiais e se apaixonava por um rapaz mais pobre. No ano seguinte, se destacou em Malhação.

Carolina, que também é jornalista, está afastada da atuação desde que o filho André nasceu, em 2010. Ela se dedica aos cuidados com a criança e também já escreveu livros de contos baseados no dia a dia do menino. "São narrações de momentos divertidos e especiais ao lado do meu filho", disse, em entrevista ao jornal Extra.

reprodução/Instagram

A atriz Juliana Baroni teve papel marcante em Malhação e hoje se dedica à família

Juliana Baroni
Até hoje Juliana Baroni é lembrada pela personagem Cacau, que interpretou na novelinha Malhação em 1998. Ex-paquita, ela também atuou no início de Celebridade (atualmente exibida no Vale a Pena Ver de Novo) e em novelas como O Profeta (2005), da Globo, Dance Dance Dance (2007), da Band, Ribeirão do Tempo (2010), da Record, e Cúmplices de um Resgate, do SBT, seu último trabalho na TV.

Mãe de Maria Eduarda, de 3 anos, Juliana tem se dedicado mais à família. Em 2017, ela estrelou a peça infantil Branca de Neve e Zangado em São Paulo. "Agora, queremos ir para o Rio [com o espetáculo], mas não estamos com muita pressa. Ser mãe sempre foi um sonho e quero aproveitar cada minuto com a Duda, cuidar da minha casa e da família", contou a atriz à revista Caras.

reprodução Globo/Instagram

Mônica Carvalho fez personagem muda em Corpo Dourado (1998) e voltou à Globo em 2017

Mônica Carvalho
Em 1998, Mônica Carvalho fez uma participação em Malhação e logo depois se destacou na novela Corpo Dourado no papel de Clara, uma jovem muda e solitária que só encontra a paz ao nadar e mergulhar no mar.

A atriz de 46 anos fez mais três novelas na Globo até 2003, mais três na Record entre 2006 e 2008, e ainda atuou em Uma Rosa Com Amor (2010), do SBT. Após um breve retorno à Globo em Fina Estampa (2011), ela foi uma das competidoras do Aprendiz Celebridades (2014), na Record.

No ano passado, atuou na peça Amor, Humor, o Resto É Bobagem, em São Paulo. Em dezembro, Mônica voltou à Globo para uma participação em Tempo de Amar.

reprodução Globo/Recordtv

Isabel Fillardis como a Noêmia de Corpo Dourado (1998) e no Dancing Brasil, reality da Record

Isabel Fillardis
Isabel começou a carreira como modelo e, na década de 1990, se destacou como cantora e atriz. Ela fez uma novela por ano de 1993 a 2001 _em 1998, brilhou na pele da personagem Noêmia, de Corpo Dourado.

Até 2016, a atriz fez personagens coadjuvantes e participações em produções da Globo, como Sete Pecados (2007) e Velho Chico (2016), a mais recente. Hoje, Isabel é uma das participantes do Dancing Brasil, reality de dança de Xuxa na Record.  

Divulgação

A personagem Joca de Meu Bem Querer (1998) foi a única de Letícia Medella na televisão

Letícia Medella
Com apenas 16 anos, Letícia Medella chamou a atenção em sua estreia na TV: ela viveu Joca, a menina que não queria crescer em Meu Bem Querer. A personagem só queria saber de brincar e jogar bola, não gostava nem de pensar em namorar e se vestir de acordo com a sua idade.

Após a novela, Letícia passou a atuar só no teatro. Ela se formou em Artes Cênicas na Unirio e hoje tem uma companhia de teatro com o marido, que é cenógrafo e bonequeiro. Um de seus trabalhos mais marcantes foi no musical infantil Mania de Explicação, protagonizado por Luana Piovani.

 

 

Enquete

Qual protagonista de Deus Salve o Rei você mataria?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook