ALTERED CARBON

Netflix arrisca com nu frontal de homens e mulheres para emplacar novo hit

Fotos: Divulgação/Netflix

Kristin Lehman e James Purefoy aparecerão completamente nus na série Altered Carbon - Fotos: Divulgação/Netflix

Kristin Lehman e James Purefoy aparecerão completamente nus na série Altered Carbon

LUCIANO GUARALDO - Publicado em 02/02/2018, às 06h06

Sem emplacar um novo drama original de sucesso desde 13 Reasons Why, lançado em março de 2017, a Netflix investiu pesado para que Altered Carbon seja seu novo cartão de visitas. A ficção científica, porém, não é para todos os públicos: extremamente violenta, usa sexo e sangue como ferramentas narrativas. Sem pudor, atores e atrizes surgem até em nu frontal.

A história se passa em um futuro distante, no qual a humanidade descobriu uma maneira de armazenar a memória em pequenos discos, espécie de guardiões da personalidade de cada pessoa. O corpo, então, se tornou apenas um invólucro temporário: se alguém morre, seu disco pode ser transferido para outra "capa".

O protagonista de Altered Carbon é Takeshi Kovacs (Joel Kinnaman, de The Killing e House of Cards), um soldado altamente treinado, parte de um grupo de resistência chamado de Emissários, que foi morto 250 anos antes. Após o assassinato do milionário Laurens Bancroft (James Purefoy, de Roma), Kovacs é trazido de volta em um novo corpo para que o soldado encontre o culpado pelo crime.

Mais do que uma história de detetive e de "quem matou?", Altered Carbon levanta debates importantes sobre mortalidade, religião e ética. No universo da série, a vida eterna vira uma possibilidade para qualquer um com dinheiro suficiente para comprar novos invólucros. Os mais ricos vivem centenas de anos e são chamados de Matusas, em referência a Matusalém, ícone bíblico da longevidade.

A série também promove uma discussão religiosa por meio da detetive Kristin Ortega (Martha Higareda), cujo caminho cruza constantemente com o de Kovacs. Descendente de mexicanos católicos, ela não consegue convencer a família de que a transferência de corpos pode ser uma coisa boa. Para os parentes religiosos fervorosos de Kristin, só Deus pode dar e tirar a vida.

Por fim, Altered Carbon faz questionamentos éticos. Como os corpos são facilmente substituíveis, eles são tratados como mercadoria. Os Matusas promovem festas em que o entretenimento é uma espécie de "clube da luta" no qual os pobres duelam até a morte: o vencedor é transferido para um corpo melhor; o perdedor, rebaixado.

Justamente por o corpo ser tão banalizado, a nudez não choca na série. O milionário Bancroft e sua mulher, Miriam (Kristin Lehman), acostumados a substituírem seus corpos com frequência, desfilam pelados no segundo episódio, com direito a nu frontal de ambos. Não há vergonha nem escândalo; são apenas duas mercadorias.

O protagonista Joel Kinnaman valoriza a possibilidade de estrelar uma ficção científica adulta

Medo de mostrar demais
Por não ser exibida em uma emissora tradicional e poder testar os limites da nudez e da violência na televisão, Altered Carbon causou receio em Renée Elise Goldsberry, atriz premiada no teatro norte-americano e que interpreta Quellcrist Falconer, líder dos Emissários e figura importante no passado de Kovacs.

"Na Netflix, você não tem limitações de tempo ou de censura para os episódios, então confesso que fiquei preocupada com o quanto mostraríamos. Mas nunca é gratuito, há sempre alguma intenção por trás", contou ela durante passagem pelo Brasil em dezembro do ano passado para divulgar a série _nos episódios vistos pelo Notícias da TV, a atriz permanece vestida o tempo todo.

Já Joel Kinnaman, que mostra o bumbum em diversos episódios, valorizou as possibilidades de sair do lugar-comum. "Altered Carbon é a primeira série de ficção científica para maiores que tem um orçamento digno de cinema. Podemos mostrar muita violência e sexo, além de criar um universo incrível", disse.

Inspirada no livro Carbono Alterado, de Richard K. Morgan, a primeira temporada de Altered Carbon tem dez episódios e está disponível na Netflix a partir desta sexta-feira (2).

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

 

Notícias da TV Recomenda

De Férias com o Ex Brasil

De Férias com o Ex Brasil

Ficha técnica: De Férias com o Ex. Brasil, 2016, 60 minutos. Direção: Chica Barros. Elenco: Gabrielle Prado, Fagner Sousa, Pedro Ortega, Raissa Castro, Stephanie Viegas. Disponível no MTV Play e no Now.

Sinopse: Dez solteiros selecionados pela produção vão passar férias numa casa de praia em um local paradisíaco. No entanto, a cada semana um ex-namorado de algum deles chega para se juntar ao grupo. Os encontros e reencontros amorosos entre os participantes geram muita paixão e picuinha.

Por que assistir: A produção do De Férias Com o Ex se esforça para mostrar um lado bonito do reality: imagens aéreas de praias, montanhas e falésias se misturam a passeios aos quais os participantes são levados, como viagens de barco e práticas de esportes radicais. Mas o que instiga mesmo é ver o desenrolar dos relacionamentos e das trocas de casais entre os jovens. Os rolos amorosos, sexuais e as brigas entre eles geram o entretenimento do programa.

Assista agora no NOW

+ Lidas

Bloco de Notas

Vingança de sucesso

Rafael Cardoso e Bianca Bin no centésimo capítulo de O Outro Lado do Paraíso - Reprodução/TV Globo O Outro Lado do Paraíso chegou ontem (15) ao capítulo de número 100 com média de 35,8 pontos na Grande São Paulo. É o melhor desempenho de uma novela das nove em 100 episódios desde ... Leia +

Leia todas as notas

Enquete

Depois de Ana Paula, quem merece sair do BBB com maior rejeição?

Redes sociais

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook