FENÔMENO

Há 20 anos, estreava Hilda Furacão: Veja o antes e depois das estrelas do elenco

Divulgação/TV Globo

Os (então novatos) atores Rodrigo Santoro e Ana Paula Arósio em cena de Hilda Furacão (1998) - Divulgação/TV Globo

Os (então novatos) atores Rodrigo Santoro e Ana Paula Arósio em cena de Hilda Furacão (1998)

REDAÇÃO - Publicado em 25/05/2018, às 05h19 - Atualizado em 26/05/2018, às 04h59

Há 20 anos, a minissérie Hilda Furacão provocou os telespectadores com personagens nada óbvios e revelou vários talentos que seguiram carreira na Globo e até em Hollywood. A atração sobre uma moça de família que desistia de casar e ia viver na zona de prostituição de Belo Horizonte rendeu papéis memoráveis para atores que estavam em início de carreira, como Ana Paula Arósio, Rodrigo Santoro e Matheus Nachtergaele.

De todo o elenco principal, Ana Paula é a mais sumida da TV. A trama, que estreou em 26 de maio de 1998, foi seu primeiro trabalho na Globo, e a repercussão lhe deu status de celebridade e protagonista. No entanto, no fim da década de 2000, Ana Paula decidiu que não queria mais atuar em novelas. Seu trabalho mais recente foi um filme, lançado em 2015.

Já Rodrigo Santoro seguiu o caminho inverso. Ele também ganhou fama após a minissérie, e em poucos anos sua carreira se tornou internacional. Santoro fez seu primeiro filme nos Estados Unidos em 2003 e hoje interpreta o robô assassino Hector na série Westworld, uma superprodução da HBO.

Confira o antes e o depois deles e de outros cinco atores de Hilda Furacão:

Divulgação/tv Globo/Vinny Filmes

A atriz Ana Paula Arósio em Hilda Furacão e no filme A Floresta Que Se Move (2015)

Ana Paula Arósio
Depois de ser modelo e atuar em três novelas do SBT, Ana Paula Arósio estrelou Hilda Furacão e, assim como sua personagem, causou furor. Na minissérie, ela vivia uma jovem que se cansava da vida de moça comportada de classe média e virava prostituta. Sedutora, ela enlouqueceu o seminarista Malthus (Rodrigo Santoro).

Após Hilda Furacão, Ana Paula logo virou protagonista de Terra Nostra (1999) e fez muito sucesso. Emplacou papéis de destaque em outras minisséries, como Os Maias (2001), Um Só Coração (2004) e Mad Maria (2005).

Mas, há oito anos, Ana Paula não quis mais fazer novelas. Desistiu de Insensato Coração (2011), pediu demissão da Globo e passou a viver reclusa _primeiramente, em um sítio no interior de São Paulo; depois, na Inglaterra. Seu trabalho mais recente foi o filme A Floresta Que Se Move (2015).

divulgação/tv globo/hbo

Rodrigo Santoro sofria como padre em Hilda Furacão; hoje, mata inimigos em Westworld

Rodrigo Santoro
O ator Rodrigo Santoro já havia feito participações em novelas, mas Hilda Furacão foi um divisor de águas. Ele interpretou Malthus, um seminarista assediado e seduzido por Hilda. Após a minissérie, ainda teve repercussão em Suave Veneno (1999) e Mulheres Apaixonadas (2003). E partiu para o cinema internacional.

A carreira de Santoro em Hollywood começou a dar certo com As Panteras Detonando e Simplesmente Amor, ambos de 2003. De lá para cá, fez filmes como 300 (2006) e O Que Esperar Quando Você Está Esperando (2012), além da série Lost (2006), na qual não se destacou tanto. Atualmente, faz parte do elenco regular de Westworld, na pele do guerrilheiro robô Hector.

divulgação/tv globo

Matheus Nachtergaele em Hilda Furacão como o travesti Cintura Fina e em Carcereiros

Matheus Nachtergaele
Após uma breve participação em Comédia da Vida Privada (1997), Matheus Nachtergaele roubou a cena na minissérie da Globo com um personagem transgressor. Ele viveu Cintura Fina, travesti da década de 1960 que morava no mesmo hotel da protagonista Hilda.

A carreira dele também foi alavancada pela minissérie, e Nachtergaele nunca mais ficou um ano fora do ar na Globo. Teve destaque em produções como Da Cor do Pecado (2004), Ó Paí, Ó (2008), Cordel Encantado (2011) e, recentemente, fez uma participação na série Carcereiros.

divulgação/tv globo

Danton Mello como Roberto em Hilda Furacão e como Gregório em Deus Salve o Rei

Danton Mello
O ator Danton Mello interpretou o jornalista com tendências comunistas Roberto Drummond, narrador da história de Hilda Furacão e amigo de Malthus. Do elenco jovem, Mello era quem mais tinha experiência: começou a trabalhar na Globo ainda criança, em A Gata Comeu (1985) e foi o primeiro protagonista de Malhação (1995).

O irmão de Selton Mello continuou a trabalhar na emissora nas décadas seguintes. Há quatro anos, atua no humorístico Tá no Ar e atualmente faz parte do elenco da novela Deus Salve o Rei.

divulgação/tv globo

O ator Thiago Lacerda em dois momentos com personagens galãs: Aramel e Darcy

Thiago Lacerda
Hilda Furacão foi o segundo trabalho de Thiago Lacerda na TV. Ele interpretou Aramel, um rapaz que sabia que era bonito e queria aprender a falar inglês para se tornar um astro de Hollywood. Ele, Roberto e Malthus eram amigos inseparáveis.

No ano seguinte, Lacerda fez par romântico com Ana Paula Arósio em Terra Nostra e ganhou status de galã nacional. Ele atuou em 24 novelas, minisséries e séries depois disso, com vários protagonistas no currículo. Hoje, vive Darcy em Orgulho e Paixão.

divulgação/tv globo

A atriz Rosi Campos em Hilda Furacão (como Maria Tomba-Homem) e em Tempo de Amar

Rosi Campos
Atriz de TV desde 1973, Rosi Campos foi muito elogiada pela crítica no papel de Maria Tomba-Homem, uma mulher masculinizada que era amiga de Hilda Furacão. Ela fez vários outros papéis em minisséries e novelas da Globo; a mais recente foi Tempo de Amar (2017), em que interpretou uma cartomante. Rosi está escalada para O Tempo Não Para, trama que substituirá Deus Salve o Rei.

divulgação/tv globo

Stênio Garcia viveu dono de hotel em Hilda Furacão; hoje, é um inquisidor em Deus Salve o Rei

Stênio Garcia
O ator Stênio Garcia interpretou o coronel Tonico Mendes, um defensor da moral e dos bons costumes. Ele vivia num quarto sofisticado de hotel com um leopardo, e um animal de verdade participava das gravações. Apegado a Garcia, o bicho atacou uma atriz que participava de uma cena sensual com o ator: ele abocanhou o pescoço da atriz, que foi levada ao hospital.

Com 86 anos e há 52 na TV, Stênio continua na ativa. Ele vive atualmente o inquisidor dom Bartolomeu em Deus Salve o Rei.

Leia também

 

 

Enquete

Quem deve ter o pior final em Deus Salve o Rei?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook