Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

VALENDO!

Tédio na quarentena faz web resgatar quadro de Gugu que fez sucesso na TV; entenda

REPRODUÇÃO/RECORD

Reprodução de imagem de Gugu Liberato no Famíla Record 2018

Gugu Liberato no especial Famíla Record 2018; internautas resgataram quadro para brincarem durante quarentena

REDAÇÃO

Publicado em 22/6/2020 - 23h06

Para superar o tédio ocasionado pela quarentena do novo coronavírus (Covid-19), internautas decidiram resgatar um quadro apresentado por Gugu Liberato (1959-2019) em seus programas televisivos: o Gugu na Minha Casa. O nome do apresentador se tornou um dos assuntos mais comentados do Twitter nesta segunda-feira (22), com relatos de internautas sobre a brincadeira.

Sucesso nos anos 1990, Gugu visitava a casa dos famosos e anônimos com uma lista de objetos a serem encontrados na residência em um determinado tempo. Se os moradores completassem a lista, eles ganhavam um prêmio em dinheiro. Sheila Mello, Netinho de Paula, Xuxa Meneghel e Rodrigo Faro foram alguns dos famosos que já participaram da gincana.

Na versão digital, a brincadeira é realizada em grupos de WhatsApp. Um internauta assume o lugar do apresentador e começa a questionar os amigos com a lista. Quem enviar primeiro a foto do objeto ganha a rodada e acumula pontos até chegarem ao grande vencedor, conforme a regra de cada grupo.

Além dos itens tradicionais de cada residência, como produtos alimentícios e de limpeza, as atualizações digitais também são consideradas pelos apresentadores. Em um dos relatos, um leitor digital de livros é considerado resposta válida para um exemplar físico.

O jogo voltou à tona na última semana, após a criação de um meme sobre a prisão de Fabrício Queiroz. No vídeo que circula nas redes sociais, o apresentador anuncia que o ex-assessor de Flávio Bolsonaro é o objeto a ser procurado na residência e, em seguida, as imagens da prisão são exibidas. Confira:

Veja a participação de Rodrigo Faro no Gugu na Minha Casa e alguns tweets com relatos dos usuários:

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Quem deve ser a nova Juma Marruá?