Modelo

Taty Zatto já fatura fora do Power Couple: 'O negócio é poder sustentar a família'

Reprodução/Record

Taty Zatto e Marcelo Braga foram salvos cinco vezes da eliminação do reality pelo público - Reprodução/Record

Taty Zatto e Marcelo Braga foram salvos cinco vezes da eliminação do reality pelo público

ANA CORA LIMA - Publicado em 21/07/2019, às 05h26 - Atualizado às 05h27

Taty Zatto e Marcelo Braga estão fora da final do Power Couple, no entanto, o sétimo casal eliminado ainda festeja a participação no reality show da Record. Graças à visibilidade do programa, ela, que era a famosa da dupla, tem faturado alto com novos contratos e propostas de trabalho. "Sempre fiz muitos ensaios de moda, mas agora a procura aumentou e eu estou colhendo os frutos. O negócio é poder sustentar a família."

A ex-funkeira e, atualmente, DJ não esconde que o desejo era sair da quarta temporada do Power Couple com o prêmio de R$ 1 milhão. Mesmo não sendo um dos casais mais famosos da edição, a dupla acabou sendo salva cinco vezes da eliminação pelo público e chegou a sonhar com uma final. "Entramos sabendo que o jogo podia acabar, mas não o casamento, e isso trouxe uma identificação e também a simpatia das pessoas", admite.

"Em todas as DRs, eu achava que era a nossa despedida e nós voltávamos. Era muito louco. Só que, além de ser um jogo de aceitação e cumplicidade, ele é também de torcida. Na última, não deu para vencer os fãs da Nicole Bahls", reconhece Taty.

Apesar da derrota direta, ela garante que sua torcida é justamente para a ex-panicat e o marido, Marcelo Bimbi, vencerem o programa. Antes do início da atração, surgiram boatos de uma possível separação de Nicole e o modelo.

"Eles são bem parecidos comigo e com o Braga. Um torce pelo outro. Acredito que os dois cresceram como casal dentro da competição e, com certeza, depois dessa experiência, vão pensar duas vezes numa separção", deixa escapar.

Briga fora da casa

Ela assume que o desentendimento com a também participante da quarta temporada, Jackie Sampaio, continua longe do reality. "Ela tem falado mal de mim e postado indiretas nas redes sociais. Não ligo, mas se colocar a minha família no meio, o caldo vai engrossar. Sinceramente, não entendo essa implicância."

Mesmo com a agenda lotada de novos compromissos profissionais, Taty continua trabalhando como DJ, profissão que a possibilita matar a saudades do tempo de funkeira. "Nas minhas apresentações, eu tenho um setlist de funks antigos e aí eu não resisto e canto. Nunca deixei de ser funkeira, mas me encontrei como DJ", conta.

"Tenho muito orgulho de ter começado no funk, quando o movimento era marginalizado. Hoje, eu vejo com muita admiração os sucessos de Anitta, Ludmilla e Lexa e isso me deixa feliz por ter sido uma das pioneiras do ritmo", finaliza.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Você gostou da escolha de Maju Coutinho para o Jornal Hoje?

Últimas notícias

Notícias da TV
Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook