Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

Última semana

Sem projeto, Globo ainda não decidiu se renovará contrato com Jô Soares

Ramón Vasconcelos/TV Globo

O cantor Roberto Carlos e Jô Soares em programa exibido na ultima sexta-feira (9) - Ramón Vasconcelos/TV Globo

O cantor Roberto Carlos e Jô Soares em programa exibido na ultima sexta-feira (9)

DANIEL CASTRO

Publicado em 12/12/2016 - 5h24

Na última semana do Programa do Jô, a Globo ainda não decidiu se renovará contrato com o apresentador do principal talk show da TV brasileira. Tanto a emissora quanto Jô Soares querem manter a parceria, mas ambas as partes ainda não chegaram a um acordo. O último Programa do Jô vai ao ar na sexta (16), com o cartunista Ziraldo. 

Reservadamente, executivos da Globo já admitem não ter Jô Soares como contratado a partir de 1º de janeiro. A pessoas próximas, o humorista, apresentador, escritor e dramaturgo também admite ficar sem vínculo com a emissora no ano que vem. Atarefado com as últimas gravações, diz que vai resolver sua vida nas duas últimas semanas de 2016, quando terá tempo para reflexão.

O principal impasse é a falta de um projeto. O showman não esconde que não quer se aposentar e que, se pudesse escolher, continuaria com seu programa no início das madrugadas. Mas a emissora já decidiu encerrar a atração e escalou Pedro Bial para tocar um talk show após o Jornal da Globo a partir de abril.

Profissionais da Globo passaram os últimos meses desenhando uma possível atração para Jô Soares, mas nenhuma delas agradou as duas partes. A emissora queria que Jô passasse a assinar uma coluna no Jornal da Globo, mas ele rechaçou imediatamente.

"Não vou aceitar jamais andar para trás. Eu fiz o Jornal da Globo há milênios [nos anos 1980]. Eu não tenho o menor interesse em fazer, não preciso fazer, não quero e não vou [fazer]", disse ao Notícias da TV em setembro.

Uma história da TV
Jô Soares atua na televisão desde o final dos anos 1950. No começo da década de 1960, trabalhou como produtor do primeiro talk show brasileiro, de Silveira Sampaio. Em 1970, após o sucesso no humorístico Família Trapo, na Record, foi contratado pela Globo.

Durante cinco meses, em 1973, apresentou seu primeiro talk show, o Globo Gente. O projeto não vingou, mas Jô não abandonou o sonho de ter uma atração parecida com o Tonight Show de Johnny Carson (1925-2005), sua grande inspiração.

Em 1987, após comandar programas de humor bem-sucedidos na Globo, foi contratado pelo SBT, onde, a partir de 1988, tocou o Jô Soares Onze e Meia. Fez muito sucesso, repercutiu e, em 1999, voltou para a Globo. No ar desde 2000, o Programa do Jô herdou o mesmo formato do Jô Soares Onze e Meia.

Ao dar seu último "beijo do gordo", na madrugada da próxima sexta para sábado, Jô encerrará mais um capítulo da história de 28 anos do mais bem-sucedido talk show da TV aberta brasileira. Se depender dele, não será o último.


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Qual reality show você acompanhará após o fim do BBB21?