Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

Impasse

De aviso prévio, funcionários de Gugu temem ficar sem emprego em 2017

Antonio Chahestian/Record

Gugu Liberato em seu programa na Record; futuro da atração ainda não está 100% certo - Antonio Chahestian/Record

Gugu Liberato em seu programa na Record; futuro da atração ainda não está 100% certo

DANIEL CASTRO

Publicado em 12/12/2016 - 5h02
Atualizado em 12/12/2016 - 5h23

A demora para Gugu Liberato e Record entrarem em acordo e fecharem um novo contrato está tirando o sono dos cerca de 30 profissionais que trabalham com o apresentador. Contratados pela GGP, produtora de Gugu, todos cumprem aviso prévio. Serão demitidos no próximo dia 28. A promessa é que serão recontratados em 16 de janeiro. Isso se Gugu renovar com a Record. Do contrário, estarão todos desempregados.

Para continuar na Record, Gugu exigiu tratamento semelhante ao que a emissora dá a todos os demais apresentadores. Quer ser contratado como artista e não mais como sócio, em que ambas as partes dividem custos e lucros.

O esquema foi interessante para o apresentador no ano passado, quando tinha programa três vezes por semana. Ele chegou a embolsar R$ 2 milhões por mês. Neste ano, no ar apenas às quartas, Gugu ganhou muito menos do que avalia que merece _e menos do que outras estrelas da Record.

A emissora já concordou em contratar Gugu tal como faz com Xuxa Meneghel, Rodrigo Faro e Geraldo Luís. O impasse agora é quanto ao salário. O apresentador quer ganhar pelo menos R$ 1 milhão por mês.

A Record quer pagar menos. Argumenta que a situação econômica do país e a consequente retração do mercado publicitário não permite mais supersalários _o próprio Gugu deixou o SBT em 2009 para ganhar R$ 3,5 milhões mensais.

Com a mudança do modelo de parceria, de sócio para artista contratado, já ficou combinado que todos os profissionais de Gugu serão demitidos e recontratados, em janeiro, por uma outra produtora indicada pela Record.

A demora para um acerto entre Gugu e Record está deixando os funcionários apavorados. Seus empregos dependem da renovação de Gugu.

A produção de Gugu trabalha somente até esta semana. Deixará prontos programas que irão ao ar até o final de janeiro. A previsão é a de que os trabalhos sejam retomados em meados de janeiro nos estúdios da Record, na Barra Funda (zona oeste de São Paulo), e não mais na GGP, em Alphaville (região metropolitana).

Ou seja, se tudo der certo, Gugu vai se manter no ar ininterruptamente _e seus colaboradores, empregados. O problema é que não há perspectivas de que tudo se revolva antes das férias.


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.