Quanta astúcia!

SBT exibe Chapolin na internet para concorrer com horário eleitoral

Reprodução

Roberto Gómez Bolaños como Chapolin; SBT exibirá enlatado na internet para enfrentar horário político - Reprodução

Roberto Gómez Bolaños como Chapolin; SBT exibirá enlatado na internet para enfrentar horário político

PAULO PACHECO - Publicado em 18/08/2014, às 19h22 - Atualizado em 19/08/2014, às 06h03

Fora do ar desde março de 2013, Chapolin voltará na internet como uma alternativa ao horário eleitoral gratuito na TV aberta, que começa nesta terça-feira (19). O SBT transmitirá a série em streaming em seu site bem no horário da propaganda política, das 13h às 13h50 e das 20h30 às 21h20, até outubro. Politicamente incorreta, esta é a primeira ação da rede para comemorar os 30 anos da estreia de Chaves e Chapolin no Brasil.

A série do comediante mexicano Roberto Gómez Bolaños, o Chaves, será o primeiro enlatado (produto estrangeiro) transmitido via streaming no site do SBT. Cerca de cem episódios compõem o pacote de Chapolin para a internet, todos dublados, entre episódios comuns e alguns perdidos ou semelhantes (definições para capítulos engavetados).

Entre duas e três histórias serão transmitidas por dia, de segunda a sábado, às 13h, com reprise às 20h30. O episódio inaugural será Aristocratas Vemos, Gatunos Não Sabemos (1978), o primeiro a ir ao ar no SBT, em agosto de 1984.

O SBT não anunciou a volta de Chapolin na internet para não chamar a atenção de políticos e porque espera a divulgação dos fãs nas redes sociais.

"Contamos com a divulgação orgânica dos fãs. [Chapolin na internet] é para o fã saudosista, um presente para os fãs fiéis", explica Phillipe Carrasco, diretor de conteúdo e multiplataforma do SBT, ao Notícias da TV.

Com a ação, o SBT pretende impulsionar a programação multimídia. O site tem 25 milhões de visualizações por mês, e até 80% são de vídeos das atrações da casa, como o Programa Silvio Santos e a novela Chiquititas, sem contar o YouTube, parceiro da rede na publicação de conteúdo audiovisual.

A emissora pretende exibir mais enlatados online, mas precisa rever o contrato com as distribuidoras. A Televisa foi a primeira a liberar a transmissão pela internet.

Além da transmissão de Chapolin, o SBT prepara um site especial sobre Chaves, feito com a ajuda de fãs, para homenagear os 30 anos da estreia das séries de Roberto Gómez Bolaños no Brasil, ainda sem previsão de lançamento.

A rede também tem pronto um programa póstumo para ir ao ar quando o criador de Chaves morrer. Aos 85 anos e com problemas respiratórios e de locomoção, roberto Gómez Bolaños vive em Cancún, cidade litorânea do México, sob cuidados médicos.

Chapolin segue sem previsão para voltar à TV. Revoltados, os fãs fizeram um manifesto contra o SBT, pedindo que a rede tire a série da "geladeira" e tenha o mesmo reconhecimento de Chaves. Sem espaço na programação, sobrou a internet para o enlatado mexicano.


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

O que você espera de O Sétimo Guardião?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook