Jornalismo

Repórter substitui apresentadora às pressas e faz maratona na Globo

Reprodução/TV Globo

Monalisa Perrone no Hora 1 da última sexta-feira; ela foi trabalhar hoje (7), mas não conseguiu entrar no ar - Reprodução/TV Globo

Monalisa Perrone no Hora 1 da última sexta-feira; ela foi trabalhar hoje (7), mas não conseguiu entrar no ar

DANIEL CASTRO - Publicado em 07/09/2015, às 15h14 - Atualizado em 08/09/2015, às 05h04

[texto publicado originalmente às 16h59 de 7/9/2015]

Um imprevisto de última hora levou a repórter Flávia Alvarenga, da Globo de Brasília, a cumprir uma maratona de trabalho no feriado de Sete de Setembro. Às pressas, Flávia teve que assumir a apresentação do Hora 1, no lugar de Monalisa Perrone. Depois, apresentou o tempo no Bom Dia São Paulo e no Bom Brasil. Voltou ao ar pouco depois da 12h, no SP TV 1ª Edição, com a previsão de tempo para São Paulo. Encerrou a jornada no Jornal Hoje, também com o mapa-tempo, quando já eram quase 14h. Ao todo, em um intervalo de oito horas, a jornalista trabalhou como apresentadora em cinco jornais da Globo, provavelmente um recorde.

Titular do Hora 1, Monalisa Perrone estava trabalhando no feriado. Mas, repentinamente, seus olhos ficaram vermelhos e ela se sentiu muito desconfortável. Segundo colegas, um olho da jornalista fechou e não abriu mais. À tarde, após exames médicos, a jornalista foi diagnosticada com conjuntivite viral. Deve ficar afastada de cinco a sete dias, segundo a Globo. Nesta terça (8), o telejornal foi apresentado por Izabella Camargo, a substituta "oficial" de Monalisa. Tiago Scheuer fez o tempo.

A substituição no Hora 1 foi tão corrida que nem deu tempo de Flávia regravar a escalada, como são chamadas as manchetes que abrem os telejornais. O Hora 1 foi ao ar com a escalada e outros videotapes na voz de Monalisa. Flávia quebrou outra regra: apresentou ela mesma a previsão do tempo do Hora 1 _o padrão na Globo é nunca o apresentador de telejornal acumular o mapa-tempo.

Flávia Alvarenga em três momentos: no Hora 1, no SP TV 1ª Edição e no Bom Dia Brasil

Repórter de rede e ex-apresentadora de jornais locais de Brasília, Flávia estava escalada para fazer o tempo dos jornais matinais da Globo. No SP TV, ela foi cortejada pelo apresentador César Tralli (que também fez o Bom Dia São Paulo e Bom Dia Brasil). "Flavinha veio de Brasília e trouxe a chuva para São Paulo", festejou.

Flávia trabalhou em quatro telejornais com o mesmo figurino, um vestido azul. Ela só trocou de roupa para aparecer no Jornal Hoje.

A Globo tem sofrido com a falta de apresentadores substitutos. Em julho, com três titulares em férias (César Tralli, Monalisa Perrone e Rodrigo Bocardi, do Bom Dia São Paulo), a emissora ficou sem ninguém para entrar no lugar de algum substituto em caso de emergência. A emissora passou então a testar as repórteres Michelle Barros e Ana Paula Campos. Michelle estreou no último sábado no SP TV 2ª Edição.

Flávia Alvarenga só trocou o figurino para apresentar o tempo no Jornal Hoje


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

O Vídeo Show tem salvação?

Últimas notícias

Notícias da TV
Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook