CLAUDETTE SOARES

Record ignora substituta de Elis Regina em programa especial: 'Enorme descaso'

DIVULGAÇÃO

Claudette Soares e Alaíde Costa juntas em show; cantoras foram ignoradas pela Record - DIVULGAÇÃO

Claudette Soares e Alaíde Costa juntas em show; cantoras foram ignoradas pela Record

GABRIEL PERLINE - Publicado em 29/09/2018, às 05h21

Claudette Soares foi ignorada pela Record na edição especial do programa O Fino da Bossa, gravado nesta semana. A cantora, que substituiu Elis Regina no comando da atração por diversas vezes ao longo dos três anos em que a versão original foi exibida, sequer foi cogitada pelo diretor Ale Gonçalves para uma participação. E não se pode falar de um possível esquecimento.

"Eu mandei dois e-mails a ele, muito antes desse programa ser gravado", diz Thiago Marques, produtor musical da cantora, ao Notícias da TV. "Achei estranho não terem convidado a Claudette. Ela era contratada da emissora nos anos 1960, apresentou e cantou muitas vezes no programa. Ao meu ver, é um enorme descaso."

O Fino da Bossa é um dos marcos da TV brasileira, responsável por difundir e redefinir os rumos da música brasileira. Foi dirigido e produzido por Manoel Carlos, atualmente conhecido pelas novelas e séries que escreveu para a Globo.

A edição especial, gravada na quarta (26) em razão do aniversário de 65 anos da emissora, teve o comando dos cantores Jair Oliveira, Luciana Mello e Pedro Mariano, filhos de Jair Rodrigues (os dois primeiros) e Elis Regina (o terceiro), titulares do programa exibido pela Record entre 1965 e 1968.

Claudette Soares em participação no programa O Fino da Bossa, da Record (Foto: Acervo pessoal)

Nomes como Gilberto Gil, Elza Soares, Alcione e Diogo Nogueira passaram pelo palco do especial, previsto para ser exibido em outubro. Mas Claudette Soares, que segue ativa e fazendo shows por todo o Brasil, ficou de fora.

"As pessoas me perguntam por que eu não fui. Sempre respondo: 'Não sei. Liga para a TV [Record] e pergunta'", afirma a cantora. "Se não chamaram, é porque não houve interesse. Claro que eu faço TV, sempre que me chamam para algum programa eu vou. Mas a história está contada. Hoje, graças a Deus, tem a internet e não adianta esconder nada, basta apertar um botão. Eu me orgulho muito dessa história."

Outra que acabou ignorada pela Record foi a cantora Alaíde Costa, mais um grande nome da bossa nova e assídua frequentadora do programa apresentado por Jair Rodrigues e Elis Regina. Assim como Claudette, ela também foi sugerida por Marques à direção da Record para o especial.

"Estou muito acostumada com isso. Participei da bossa nova desde quando ela ainda era feita dentro dos apartamentos. E depois que ela estourou em todo o país, eu nunca fui convidada para nenhuma comemoração feita pelos programas de TV. Seria legal se tivessem me convidado, mas tudo bem", lamenta.

Procurada, a Record não se manifestou sobre a ausência de Claudette e Alaíde no especial de O Fino da Bossa.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual é seu casal favorito no Power Couple?

Últimas notícias

Notícias da TV
Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook