Programação de 2017

Record fará série de terror sobre lendas urbanas e estuda biografia de Maguila

Divulgação

Cena da série Sem Volta, produção independente que a Record deve exibir a partir de agosto - Divulgação

Cena da série Sem Volta, produção independente que a Record deve exibir a partir de agosto

DANIEL CASTRO, no Rio de Janeiro - Publicado em 10/03/2016, às 04h28

Depois de Sem Volta e Mamonas Assassinas, a Record vai produzir em 2017 uma série de terror, já batizada de Lendas Urbanas. A emissora também estuda uma telebiografia do ex-lutador José Adilson Rodrigues, o Maguila. As novidades foram anunciadas ontem (9) por Paulo Franco, supervisor artístico e de produção da emissora, durante o Rio Content Market, um dos maiores eventos do mercado de audiovisual da America Latina.

Segundo Franco, a primeira incursão da Record no gênero do terror tratará de lendas urbanas como a loira do banheiro e a gangue do palhaço. A primeira versa sobre uma fantasma de vasta cabeleira que assusta estudantes nas escolas. A segunda lenda trata de um palhaço que circula em uma Kombi com uma bailarina e rapta crianças nas periferias para o tráfico de órgãos. A produção será da independente Sentimental Filmes.

A série sobre Maguila ainda está em desenvolvimento. Só sairá do papel se a biografia dos músicos da banda Mamonas Assassinas, escrita por Carlos Lombardi, for um sucesso.

Maguila, 57 anos, foi um dos maiores lutadores do país, ídolo do esporte nos anos 1980. Hoje ele sofre de demência pugilística, consequência dos danos sofridos durante lutas e treinos. O projeto da série foi apresentado por Josmar Bueno Junior, responsável pela produção de vídeos do portal da Record.

No Rio Content, Franco mostrou um trailer de Sem Volta, série com elementos de Lost sobre um grupo de montanhistas que se perde em uma serra no Rio de Janeiro durante uma tempestade. A série, da Panorâmica, nasceu no Rio Content de 2013. Com Silvio Guindane, Camila Rodrigues, Ângelo Paes Leme e Heitor Martinez, deve estrear em agosto.

Paulo Franco falou ao público do Rio Content que a Record continuará priorizando a produção de novelas, principalmente as bíblicas, mas que investirá também em séries curtas, exibidas em todos os dias de uma semana. Biografias como a dos Mamonas e de Maguila podem se tornar tendência, disse o executivo. Ele confirmou a terceira temporada de Conselho Tutelar. “Nós acreditamos que um dia série ainda vai pegar no Brasil”, afirmou. 


O jornalista Daniel Castro viajou a convite da organização do Rio Content Market


 ► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Tudo sobre

Novelas Record

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Quem é a mãe mais surtada de Amor de Mãe?
Thelma
80.47%
Lurdes
9.58%
Vitória
1.97%
Leila
7.98%

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook