BASTIDORES

Record é advertida pelo Ibope por usar dados sigilosos em campanha contra Se Joga

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Fernanda Gentil, Fabiana Karla e Érico Brás no cenário do Se Joga, programa da Globo

Fernanda Gentil, Fabiana Karla e Érico Brás apresentam o Se Joga, novo vespertino da Globo

GABRIEL PERLINE - Publicado em 22/10/2019, às 05h36

A Record foi advertida pelo Kantar Ibope Media por criar campanhas publicitárias utilizando dados considerados sigilosos de aferição de audiência para atacar o Se Joga, programa recém-lançado pela Globo, desrespeitando uma de suas principais cláusulas contratuais. Todo o material teve de ser retirado das plataformas em que foram publicadas.

As responsáveis pela advertência foram a Record Brasília e a TVB, afiliada de Campinas. Ambas criaram peças publicitárias que tiravam sarro do novo programa de variedades da Globo, que até hoje não conseguiu superar o quadro de fofocas A Hora da Venenosa, da Record, em São Paulo e em outras praças do país.

A Globo tomou conhecimento da campanha feita pela Record Brasília por meio da reportagem publicada pelo Notícias da TV, na quinta-feira (17), entrou em contato com o Kantar Ibope Media e pediu uma ação imediata do instituto --que rapidamente notificou as afiliadas da emissora do bispo Edir Macedo sobre a infração.

Nos contratos assinados com o instituto, há uma cláusula que proíbe as emissoras de usarem os números dos relatórios enviados diariamente para fins publicitários e de avaliação da programação. O desrespeito à regra implica em multa.

Jair Duprá, apresentador do Balanço Geral Campinas, em publicidade da Record (Reprodução/Instagram)

A reportagem entrou em contato com o Kantar Ibope Media, que se limitou a dizer que não comenta as relações contratuais que possui com seus clientes. A Globo, que incentivou o instituto a notificar a concorrente, não quis se manifestar. Já a emissora de Edir Macedo se manteve em silêncio ao ser questionada sobre a infração.

Campanhas

Em Brasília, a baixa audiência da atração de Fernanda Gentil virou alvo de deboche em ação publicitária do Balanço Geral local. Batizada de #SeJogaNaRecordTV, a campanha veiculada de terça-feira (15) a quinta (17) convidava o público a "se jogar na liderança" da Record na capital federal.

O marketing da emissora espalhou banners com a frase "Se joga na audiência da RecordTV" --o nome do programa da concorrente foi escrito em uma fonte maior do que o restante do texto, para chamar a atenção. As propagandas foram colocadas em pontos de ônibus do Distrito Federal.

Em Campinas, o material espalhado nas redes sociais foi ainda mais provocativo. O banner trazia a frase "Se joga no Balanço Geral Campinas: aqui a liderança é certa!", utilizando as mesmas cores e fontes do logotipo do programa da Globo. Logo abaixo, estava uma pequena tabela com os índices obtidos pelo Kantar Ibope Media em 30 de setembro, data de estreia do vespertino da Globo.

Veja abaixo o comercial da campanha #SeJogaNaRecordTV, da Record Brasília:

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual é seu programa favorito gravado na quarentena?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook