Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

FUTEBOL X NOVELA

Por final da Copa América, Globo e SBT preparam 'guerra' na noite de sábado

REPRODUÇÃO/SBT

Téo José, em uma transmissão do SBT, com uma camisa azul e apresentando um jogo na Copa América: narrador é o principal nome esportivo da emissora de Silvio Santos

Téo José, principal narrador do SBT: emissora prepara estratégia de guerra contra Globo

GABRIEL VAQUER, colunista

vaquer@noticiasdatv.com

Publicado em 7/7/2021 - 9h00

Globo e SBT já estão preparadas para a "guerra de audiência" que vão travar no próximo sábado (10) com a final da Copa América, entre Brasil e Argentina. A bola só rola às 21h (horário de Brasília), mas o SBT vai dar tratamento de Copa do Mundo para a decisão. Já a Globo aposta em uma estratégia que tem dado certo nas últimas semanas: esticar os seus produtos mais valiosos.

No SBT, a expectativa é por uma audiência muito parecida com a final da Libertadores da América, em janeiro deste ano. Naquela ocasião, a emissora de Silvio Santos marcou 25,3 pontos de média na Grande São Paulo com o jogo entre Palmeiras x Santos. A exibição também foi em um sábado, mas a Copa América tem um ponto positivo: a peleja será no horário nobre, quando mais pessoas estão diante da TV.

O Notícias da TV apurou que o SBT terá equipe totalmente in loco no Rio de Janeiro para a transmissão. Eles seguirão protocolos da Conmebol, como exames PCR feitos no mesmo dia. No Maracanã, estarão o narrador Téo José, os comentaristas Edmilson, Mauro Beting e Nadine Basttos, e os repórteres André Galvão e Fernanda Arantes.

O pré-jogo da Copa América entra no ar às 20h, uma hora antes de seu começo. A equipe do Arena SBT, como o apresentador Benjamin Back e os ex-jogadores Emerson Sheik e Cicinho, também vai participar desta análise prévia. A ideia do SBT é que o jogo receba com audiência na casa dos 8 a 9 pontos em São Paulo. A média do SBT nos últimos quatro sábados ficou entre 4 e 5 pontos.

Após a partida, o SBT ficará no ar até o troféu da Copa América 2021 ser levantado --seja pelo Brasil ou não. O pós-jogo termina por volta das 23h15. A expectativa é que o SBT consiga liderar na Grande São Paulo pelo menos após o fim da novela Império.

Mas a Globo não vai facilitar. A líder vai apostar numa fórmula que deu resultado nas últimas semanas: esticar seus programas de maior audiência. O Jornal Nacional terá 15 minutos a mais do que o normal --terminará às 21h35, em vez de 21h20, como normalmente acontece aos sábados.

Com isso, Império também vai ser atrasada. A novela de Aguinaldo Silva vai até 22h50. Neste horário, Brasil x Argentina estará bem no final do segundo tempo. O SBT só conseguiu liderar em São Paulo com Copa América durante alguns minutos ainda na primeira fase, em 23 de junho, com Brasil x Colômbia.

Globo se dá bem esticando novela

A Globo aposta no bom retrospecto dessa estratégia. Na semifinal entre Brasil x Peru, na última segunda (5), o SBT marcou 15 pontos com 21% de participação em São Paulo. É mais do que o dobro da média do horário (7 pontos) com a exibição de Chiquititas, Roda a Roda e o Programa do Ratinho. Mas não é nem perto do que a Globo conseguiu com Salve-se Quem Puder, Jornal Nacional e Império (26 pontos).

No Rio de Janeiro, os números são ainda mais elevados para a Globo. A emissora marcou 32 pontos com as duas novelas e o JN, contra 13 do SBT.

A Copa América teve dez jogos exibidos em TV aberta. Além da final, a decisão de terceiro lugar entre Peru e Colômbia será exibida nesta sexta (9), às 21h, pelo SBT. A Disney mostra todos os jogos na ESPN e no Fox Sports.


Leia também

Web Stories

+
Como estão Suzane von Richthofen e Daniel Cravinhos 19 anos depois do crime?42 anos depois: Por onde anda o elenco da novela Pai Herói?A Fazenda 13: Sem barracos, Liziane frustra público e é eliminada; veja trajetóriaComo Lázaro Ramos e Taís Araujo: 7 casais formados nos bastidores da GloboSex Education vai ter 4ª temporada? Veja cinco curiosidades sobre a série

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Além de Pantanal, qual novela antiga merecia um remake?