Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

Vale a pena ver de novo?

Por Bacci, Record pode trair acordo de Gugu com Suzane Richthofen

Reprodução/TV Record

Suzane von Richthofen durante entrevista a Gugu Liberato exibida em fevereiro; Record quer reprisar - Reprodução/TV Record

Suzane von Richthofen durante entrevista a Gugu Liberato exibida em fevereiro; Record quer reprisar

DANIEL CASTRO

Publicado em 7/5/2015 - 6h07

Advogados da Record passaram os últimos dias debruçados sobre um documento que foi fundamental para Gugu Liberato conseguir a entrevista com Suzane von Richthofen que inaugurou seu novo programa na emissora, em fevereiro. Registrado no cartório de Tremembé, interior de São Paulo, o documento é uma autorização de uso de imagem que diz que somente o show de Gugu pode exibir e reprisar a entrevista.

A Record procura brechas legais e estuda as consequências caso decida quebrar o acordo de Gugu com a parricida. Quer reprisar o material no Balanço Geral Manhã, de Luiz Bacci, que passará a ser exibido em quase todo o país, com três horas de duração, a partir de segunda-feira (11).

Condenada pelo assassinato dos pais, em 2002, Suzane só concordou em dar entrevista para Gugu Liberato após a assinatura de um documento que proibia outros programas da Record de reprisar o material ou parte dele, exceto chamadas de programação. O acordo foi assinado por Suzane, por sua companheira, Sandra Regina Ruiz Gomes, e por Mafran Dutra, diretor-geral de produção, principal executivo do dia a dia da área artística da Record.

Suzane vetou a exibição da entrevista em outros programas da Record porque se sentia prejudicada pela emissora. Em 2006, quando aguardava julgamento em liberdade, o Domingo Espetacular provocou seu retorno à prisão. A reportagem mostrava Suzane de "férias", frequentando praias, restaurantes e sorveterias. A repercussão foi péssima para a Justiça, que revogou a liberdade provisória.

Em 2012, Suzane entrou com ação contra a Record pela exibição de imagens suas dentro do presídio de Tremembé. Um ano depois, a emissora foi condenada a não mais captar imagens de Suzane dentro de presídios. A Justiça também vetou notícias sobre seus relacionamentos com outras detentas. O documento assinado para a entrevista a Gugu faz menção a essa decisão. Suzane assume que o acordo não configura desrespeito à sentença.

Para conseguir a entrevista, Gugu prometeu tratá-la com dignidade e deixá-la falar o que ela queria. Mas Suzane, que estudou direito, exigiu a assinatura de um acordo. A detenta, no entanto, vacilou em um detalhe: o documento não prevê sanções, como multas, em caso de descumprimento. A Record deve se aproveitar dessa falha para reexibir o a entrevista no programa de Luiz Bacci. Se não gostar, caberá a Suzane comprar outra briga com a emissora na Justiça.

A Record não se manifestou até a conclusão deste texto.


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Leia também

Enquete

Você gostou de Tadeu Schmidt no comando do BBB22?

Web Stories

+
BBB 22: Pegação, ameaça de desistência e queridômetro sacodem edição paz e amorBBB 22: Luciano sabota sonho da fama e se frustra com número de seguidoresFinal de Malhação na Globo tem sequestro, incêndio e final feliz; saiba tudoPor que Ludmilla e Anitta brigaram? Entenda a treta que respingou no BBB 22BBB22: Cinco vezes em que Naiara Azevedo atraiu o ranço do público na primeira semana

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas