Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

Tosquice

Otávio Mesquita vira Dom Pedro em encenação da Independência

Divulgação

Otávio Mesquita em encenação (tosca) do Grito da Independência, no Ipiranga, em São Paulo - Divulgação

Otávio Mesquita em encenação (tosca) do Grito da Independência, no Ipiranga, em São Paulo

REDAÇÃO

Publicado em 3/9/2014 - 19h44

O apresentador Otávio Mesquita gravou ontem (2) uma encenação do Grito da Independência como ele de fato teria ocorrido, e não como relatavam os livros de História. No material que o SBT exibe no Okay Pessoal da madrugada de quinta (4) para sexta (6), Mesquita incorpora Dom Pedro e, com a ajuda de um professor de cursinho, reconstitui a passagem histórica em frente ao Museu do Ipiranga, em São Paulo.

"Peguei um burrico e contei a história como ela aconteceu de verdade", diz Mesquita. "Ele [Dom Pedro] comeu uma caldeirada em Santos e teve uma puta caganeira na volta", prossegue. Chegando em São Paulo, Dom Pedro recebeu uma carta de Portugal e decidiu proclamar a Independência. "Ele não gritou 'Independência ou Morte!'. Ele falou 'Portugal à merda!'", adianta.

Durante a encenação tosca (a "espada" usada por Mesquita foi feita de madeira), o burrico se assustou e saiu correndo e por pouco não derrubou o apresentador. Isso também irá ao ar.


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

Leia também

Enquete

Você gostou do primeiro mês de Um Lugar ao Sol?

Web Stories

+
Traída, enganada e desprezada: 7 vezes em que Bárbara quebrou a cara em Um Lugar ao SolMansão nova, presença VIP e publis: Saiba tudo sobre a carreira de Deolane BezerraÚltima temporada de La Casa de Papel: Após o fim, série já tem spin-off confirmadoFicção virou realidade: Casa de Esqueceram de Mim é aberta ao público; veja fotosDivórcio, tragédia e treta: 5 notícias que peões de A Fazenda 13 não sabem

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas