Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

LOOK DO DIA

Na CNN, Regina Duarte usa mesma roupa que a transformou em meme em 2012

REPRODUÇÃO/YOUTUBE

Regina Duarte em vídeo da revista Caras que viralizou em 2012

Regina Duarte em vídeo da revista Caras que viralizou em 2012; atriz repetiu figurino nesta quinta-feira (7) na CNN

REDAÇÃO

Publicado em 7/5/2020 - 18h56

Em entrevista exclusiva para a CNN Brasil nesta quinta-feira (6), Regina Duarte usou a mesma roupa que a transformou em meme em 2012. A secretária especial de Cultura do governo Bolsonaro rapidamente chamou a atenção dos internautas e viralizou novamente nas redes sociais. A camisa rosa e a calça branca viraram alvo de críticas e piadas.

"A entrevista está mais pavorosa que a roupa dela", comentou o internauta @ThiiagoJ_. "A Regina é uma decepção", escreveu a seguidora @mariquinha01. "É o lookinho que dá certo", disparou @day_mos.

Regina virou piada na web ao dar uma entrevista com esse look para a revista Caras. A então atriz era uma das convidadas do famoso Castelo de Caras, em Nova York, nos Estados Unidos, e à beira da piscina, dançou para saudar a vida.

O registro de pouco mais de um minuto, feito em 2011, viralizou no ano seguinte. "Eu fui lá e dancei. Não resisti. Acho que a vida é feita desses momentos, que a gente tem que viver intensamente. Viver é hoje", refletiu na ocasião.

Nesta quinta-feira, a ex-atriz concedeu entrevista para Daniel Adjuto, da CNN Brasil, em seu gabinete em Brasília e afirmou que não deixará o governo, apesar do momento de crise que viveu com o presidente nas últimas semanas.

No bate-papo, ela mostrou um outro momento artístico --como no vídeo de 2012. Ao longo da conversa, começou a cantar Pra Frente Brasil, música associada ao período em que os militares mandavam no Brasil. "Não era gostoso cantar isso?", perguntou.

Confira os comentários sobre o figurino de Regina Duarte no Twitter: 

Relembre o vídeo de 2012 que virou meme:

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Qual reality show você acompanhará após o fim do BBB21?