Estreia sábado

Maria Júlia Coutinho não teme ataques racistas no Jornal Nacional: 'Estou blindada'

Divulgação/Globo

A jornalista Maria Júlia Coutinho estreará como plantonista do Jornal Nacional neste sábado (16) - Divulgação/Globo

A jornalista Maria Júlia Coutinho estreará como plantonista do Jornal Nacional neste sábado (16)

REDAÇÃO - Publicado em 15/02/2019, às 07h59

Maria Júlia Coutinho estreará na bancada do Jornal Nacional neste sábado (16) e já considerou que pode ser alvo de comentários racistas na internet, mas não está muito preocupada com isso. A jornalista, que será a primeira âncora negra do telejornal, enfrentou ataques preconceituosos em 2015 e afirma que está preparada para o que vier.

"Eu estou blindada. Se acontecer de novo, iremos, mais uma vez, atrás dos autores na Justiça. Seja com a Maju ou com a Maria do Rio Grande do Norte, é crime. Estou preparada porque sei do meu trabalho, tenho a confiança dos meus pais e da produção", disse em entrevista ao jornal Extra nesta sexta (15).

Maju, como é chamada por William Bonner, foi anunciada como nova plantonista do Jornal Nacional na quarta (13) e logo ganhou destaque por ser a primeira negra a apresentar o jornalístico, que completa 50 anos no ar. 

"A comoção é válida, mas a questão é ainda ser assim. Há uma carga simbólica que não dá pra ser negada, e eu não a questiono. Precisamos lembrar, no entanto, de Zileide Silva no Jornal Hoje e de Heraldo Pereira. Lá na frente, espero que uma mulher negra em destaque não seja motivo de atenção, porque será normal. Que apareçam outras Zileides, outras Majus", comentou.

Maria Júlia aparece diariamente no JN desde abril de 2015, quando o noticioso passou por uma reformulação, ficando mais informal. Em junho de 2017, ela virou plantonista do Jornal Hoje --situação em que ganhou muitos elogios do público. Na época, passou por quatro meses de testes até se sentir pronta para assumir o cargo. 

Na Globo desde 2007, Maria Júlia trabalhou durante cinco anos como repórter até passar a apresentar a previsão do tempo, em 2013, no Globo Rural. Teve passagens também pelo Bom Dia Brasil, Hora Um, Bom Dia São Paulo e Jornal Hoje. Atualmente, além do Jornal Nacional, ela faz a meteorologia no SP2 e participa do programa Papo de Almoço na Rádio Globo.

Chegar ao posto de plantonista do Jornal Nacional é um sinal de prestígio na emissora. Além de Maria Júlia, exercem essa função apresentadores como Rodrigo Bocardi, Heraldo Pereira, Flávio Fachel, Dony De Nuccio e César Tralli. O último só conseguiu a vaga após 25 anos na Globo.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Na casa de que famoso você passaria a quarentena?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook