Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

Estreia hoje

Jurado do MasterChef Júnior prevê acidentes: 'Uma hora alguém se queima'

CAROL GHERARDI/BAND

O chef Henrique Fogaça é jurado do MasterChef Júnior, da Band, que estreia nesta terça (20) - CAROL GHERARDI/BAND

O chef Henrique Fogaça é jurado do MasterChef Júnior, da Band, que estreia nesta terça (20)

MÁRCIA PEREIRA

Publicado em 20/10/2015 - 3h50

A integridade física das 20 crianças que participam do MasterChef Júnior a partir desta terça-feira (20), às 22h30, é uma das preocupações da direção da Band. Os minicozinheiros tiveram aulas específicas de segurança na cozinha antes de entrarem na competição. Além do treinamento, eles contam nas gravações com equipe de bombeiros e de cozinheiros de apoio para serem socorridos imediatamente no caso de um corte ou queimadura. Para o jurado Henrique Fogaça, no entanto, os acidentes são inevitáveis. “Cozinha é trabalhar com faca e fogo, uma hora alguém se corta ou se queima”, diz.

A versão infantojuvenil tem candidatos com idades entre 9 e 13 anos. O MasterChef Júnior mantém a linha condutora das edições com adultos e continua com a mesma equipe de jurados e apresentação de Ana Paula Padrão. 

Paola Carosella não discorda de Fogaça em relação aos riscos das crianças na cozinha, mas vê com outros olhos a missão dos minicandidatos. “Há pouco tempo atrás, as crianças com nove, dez anos, tinham de cozinhar. Minha avó com essa idade preparava refeições. Colocam que as crianças de hoje em dia não podem cozinhar, mas o mais importante que o programa vai mostrar é que uma criança pode cozinhar, sim”, diz a argentina. 

carol gherardi/band

A chef Paola Carosella durante avaliação de prato da minicozinheira Aisha

Ela própria começou a frequentar cozinhas muito cedo, desde os três anos de idade. "É como se aprende as coisas, de forma natural. Lembro de ficar ao lado delas [avós] fazendo macarrão, colocando a mesa", conta Paolla, que decidiu ser uma profissional da gastronomia aos 17 anos. 

Sem pânico

O lado psicológido dos competidores é outra preocupação da emissora. Por isso, uma equipe de psicopedagogos está acompanhando pais e filhos nos bastidores da atração. "É transformador. Não vejo nada de ruim quando elas saem daqui frustradas. Isso é educacional", comenta Paola, que tem uma filha de quatro anos, Francesca, e surgirá mais maternal nessa versão.

As terapeutas estão presentes nas gravações o tempo inteiro para acompanhar qualquer tipo de instabilidade emocional. "Se [as crianças] ficarem muito nervosas, elas estão aqui para auxiliar. Se os pais têm dúvidas, essas profissionais conversam com eles e os orientam", conta Ana Paula Padrão.

carol gherardi/band

Fogaça, Paola, Ana Paula Padrão e Erick Jacquin no lançamento do programa à imprensa

Sem carrascos

O rigor na avaliação dos pratos, segundo os jurados, segue o padrão já visto nas duas edições anteriores do MasterChef.  O que muda é a forma de falar. "A gente tem de ser honesto, o que a gente tenta é ressaltar o que ficou bom e explicar o motivo de algo não ter dado certo. Estamos fazendo avaliações para crianças, a gente brinca mais", fala Paola.

A pressão em relação ao tempo de executar os pratos também diminui. "Até o adulto muito pressionado trava e não consegue executar o prato. Com as crianças apenas avisamos que o tempo está acabando. A gente vai conduzindo de uma forma melhor para eles", diz Fogaça. 

A cada programa, dois minicozinheiros serão eliminados. Ao todo, serão nove programas. O diretor, Patrício Díaz, afirma que ainda não foi batido o martelo de como será a final, mas deve seguir os moldes da última edição, metade gravada e metade ao vivo. "A prova não dá para ser ao vivo porque tem duas horas de duração. Precisamos editar isso", afirma o argentino.

caraol gherardi/band

Candidatos esperam a decisão dos jurados em uma das edições já gravadas  

No lançamento do programa à imprensa, no último dia 13, três edições já haviam sido gravadas. Para respeitar a legislação, as gravações têm vários intervalos, pausa para lanche e ida ao banheiro. 

Na estreia, os candidatos serão divididos em três grupos. O primeiro precisa preparar pratos utilizando diversos cortes de carne. Enquanto o segundo grupo deve preparar apenas massas. A terceira turma se dedicará ao preparo de doces. 

O primeiro colocado levará para casa o troféu MasterChef Júnior, uma viagem à Disney com cinco acompanhantes, um curso de culinária, um vale compras em uma rede de supermercados no valor mensal de R$ 1.000 durante um ano e um kit de eletrodomésticos. 


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Leia também

Enquete

Pantanal perde audiência: novela está chata?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.