Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

'Hora do Venenoso'

Jornal policial, Cidade Alerta apela a fofocas para levantar audiência

Reprodução/TV Record

Marcelo Rezende no cenário do Cidade Alerta; programa tem começado com bloco de celebridades - Reprodução/TV Record

Marcelo Rezende no cenário do Cidade Alerta; programa tem começado com bloco de celebridades

DANIEL CASTRO

Publicado em 12/8/2015 - 5h19

Referência em telejornalismo policial popular, o Cidade Alerta está apelando a celebridades para levantar voo no Ibope. Desde a semana passada, o programa apresentado por Marcelo Rezende tem trocado reportagens sobre crimes pela "fofoca" do dia. Ontem, o telejornal dedicou mais de 30 minutos para o cantor Leonardo, que declarou ao TV Fama (RedeTV!) que não conhece o genro Sandro Pedroso, ex-de Susana Vieira, e que vai exigir exame de DNA para comprovar a paternidade de seu futuro neto.

Antes do sertanejo, o Cidade Alerta destacou a crise no casamento dos músicos Chimbinha e Joelma, da banda Calypso e o fim da união do jogador Kaka com Carol Celico, entre outras "amenidades". Até a jornalista Fabíola Reipert foi convocada para trabalhar no telejornal. Ela tem gravado vídeos caseiros comentando o caso do dia. Nas redes sociais, o Cidade Alerta já vem sendo apelidado de Hora do Venenoso, em referência ao quadro de Fabíola Reipert no Balanço Geral SP, e de TV Fama.

As fofocas são exibidas sempre no começo do programa. Têm a missão de alavancar a audiência do Cidade Alerta. Desde que a Record passou a reprisar novelas no lugar do Programa da Tarde, há duas semanas, Marcelo Rezende tem sofrido para conquistar o público, já que entra no ar com um ibope muito baixo _em alguns dias, entre um e dois pontos na Grande SP. A estratégia começa a dar certo. Anteontem, pela primeira vez desde o Pan, o telejornal marcou mais de oito pontos no Ibope.


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.