MEMÓRIA DA TV

Há 20 anos, Réveillon do Faustão tinha garotas molhadas e strippers

Reprodução/Globo

Fausto Silva apresentou o Réveillon do Faustão na Globo durante os anos 1990 - Reprodução/Globo

Fausto Silva apresentou o Réveillon do Faustão na Globo durante os anos 1990

REDAÇÃO - Publicado em 29/12/2016, às 06h43

Antes de a Globo produzir o Show da Virada, quem comandava o último programa do ano na emissora era Fausto Silva. Entre 1991 e 1996, ele apresentou o Réveillon do Faustão e anunciou a chegada do novo ano. Sem se preocupar com o politicamente correto, as festas de Faustão tinham garotas de roupa molhada, comentários dos humoristas do Casseta & Planeta e depoimentos escrachados de Dercy Gonçalves.

A atração promovia uma festa de confraternização entre o apresentador e algumas personalidades que se destacaram durante o ano _Tom Cavalcante, Xuxa, Mamonas Assassinas e Fernanda Montenegro foram algumas que participaram. Fotos, vídeos e reportagens marcantes eram exibidos durante o programa, além de atrações musicais.

A irreverência e os quadros de humor do Domingão do Faustão também estiveram presentes durante as seis edições do Réveillon: Fausto Silva chegou a exibir uma retrospectiva das melhores videocassetadas do ano, um concurso da "garota da camiseta molhada" e a apresentar a atração com o cenário de um navio e roupa de marinheiro.

Relembre momentos marcantes do Réveillon do Faustão:

1991
Em traje de gala, Faustão recebeu estrelas da Globo como Tony Ramos, Fernanda Montenegro e Renato Aragão, além de destaques no esporte naquele ano, como o velocista Robson Caetano, e as jogadoras de basquete Paula e Hortência. Em um telão composto por 54 televisores, foram exibidos os melhores momentos da teledramaturgia e das videocassetadas no ano. As bailarinas do programa fizeram a contagem regressiva e formaram um grande 1992 no palco.

1992
A novidade do Réveillon do Faustão em 1992 foi o "concurso garota molhada", em que o visual das candidatas era julgado por strippers que participavam da novela De Corpo e Alma e por integrantes do Casseta & Planeta. O programa também exibiu um quadro em que o povo falava seus desejos para o próximo ano.

No telão, uma retrospectiva dos melhores momentos do entretenimento e do jornalismo na Globo foi exibida e comentada por famosos como Tom Cavalcante, Miguel Falabella, Dercy Gonçalves e Fátima Bernardes. Como atrações musicais, Fausto Silva recebeu Chitãozinho e Xororó, Deborah Blando, Fafá de Belém, Biquíni Cavadão e Fagner.

reprodução/globo

Fausto Silva ao lado de Fátima Bernardes: ela apresentava a retrospectiva do ano

1993
Naquele ano, a cenografia foi inspirada no Oscar. O impeachment de Fernando Collor, no ano anterior, virou piada para Fausto Silva, que improvisou uma rádio-novela sobre o ex-presidente e seu tesoureiro, PC Farias. Participaram da edição Adriana Esteves, Milton Gonçalves, Kadu Moliterno, Cissa Guimarães e Betty Faria, Raça Negra, Cauby Peixoto, Elba Ramalho, Timbalada, Daniela Mercury e Jorge Ben Jor.

1994
Com a plateia toda de branco, o Réveillon de 1994 já exibia chamadas em comemoração aos 30 anos da Globo. A minissérie Memorial de Maria Moura e a novela Renascer tiveram destaque na retrospectiva do ano. O humor também teve participação especial, com exibição do quadro Painho, de Chico Anysio, e de previsões debochadas dos comediantes do Casseta & Planeta. Alguns dos convidados ilustres foram Regina Duarte, Tarcísio Meira, Glória Menezes, Vera Fischer, Claudia Abreu e Zagallo, que havia ganhado a Copa do Mundo.

1995
O cenário do Réveillon de 1995 foi suntuoso: teve quase quatro mil bolas e 1.200 balões coloridos, que formavam a imagem de um dragão e ocupavam o palco todo. A edição desse ano exibiu depoimentos de Xuxa, do sociólogo Betinho e de pessoas comuns que falavam sobre promessas de ano novo. Os convidados ilustres de Fausto Silva foram Letícia Spiller, Marcello Novaes, Alessandra Negrini, o grupo Mamonas Assassinas, o conjunto Raça Negra, a cantora Simone e a bateria da escola de samba Portela.

1996
A última edição do Réveillon do Faustão foi gravada pela primeira vez no recém-inaugurado Projac (hoje Estúdios Globo), e o cenário representou um transatlântico ancorado no Caribe. Fausto Silva, seus músicos e cerca de 40 bailarinas estavam todos vestidos de marinheiros. Personalidades do entretenimento, jornalismo e esporte mandaram mensagens de otimismo para o ano novo. A atração teve baixa audiência, e por isso não retornou à programação da Globo no ano seguinte _foi substituída pelo especial Festa de Fim de Ano 97-98.


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Na casa de que famoso você passaria a quarentena?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook