Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

'LIVE BIZARRA'

Globo e Record se unem de forma inesperada para criticar Bolsonaro; vídeo

REPRODUÇÃO/TV GLOBO e RECORD

Montagem de fotos com William Bonner no Jornal Nacional e Mariana Godoy no Fala Brasil

William Bonner no Jornal Nacional e Mariana Godoy no Fala Brasil: Globo e Record criticaram Bolsonaro

VINÍCIUS ANDRADE

vinicius@noticiasdatv.com

Publicado em 30/7/2021 - 15h14

Globo e Record se uniram para criticar as falas de Jair Bolsonaro contra o Poder Judiciário. Na edição de quinta-feira (29) do Jornal Nacional, William Bonner usou meias palavras para acusar o presidente de mentir sobre decisões do STF (Supremo Tribunal Federal) durante a pandemia. Já Mariana Godoy, no Fala Brasil desta sexta-feira (30), classificou como "bizarra" uma live feita pelo político para atacar o sistema eleitoral.

A fala da âncora do noticioso matinal da Record chamou a atenção de internautas, que colocaram o nome dela entre os mais comentados do Twitter. Essa, no entanto, não foi a primeira vez em que Mariana alfinetou o governo alinhado com a emissora de Edir Macedo.

"O presidente Jair Bolsonaro insistiu, durante uma live bizarra, que a urna eletrônica facilita fraudes nas eleições. Bolsonaro também criticou o presidente do Superior Tribunal Eleitoral, Luís Roberto Barroso, que é contrário à proposta de um voto impresso", narrou a apresentadora do Fala Brasil, com expressão de contrariedade.

A reportagem do telejornal mostrou trechos da live e reforçou que o presidente não apresentou provas de fraudes nas eleições presidenciais. "Não temos provas, vou deixar bem claro. Mas indícios que eleições para senadores e deputados podem ocorrer a mesma coisa [fraude], por que não?", falou Bolsonaro durante a transmissão em suas redes sociais.

O vídeo foi compartilhado no Twitter do Fala Brasil. Apoiadores do presidente criticaram a fala de Mariana Godoy a respeito da live, enquanto outros elogiaram a coragem da jornalista em reforçar a segurança do sistema eleitoral brasileiro em um telejornal ao vivo na Record.

Assista abaixo:

JN acusa Bolsonaro de 'inverdade'

Crítico tradicional das ações de Jair Bolsonaro, o Jornal Nacional apontou "inverdades" em uma nota divulgada pelo presidente para divulgar as medidas do governo federal durante a pandemia e rebater um vídeo do STF. Editor-chefe e âncora do noticioso mais assistido do país, William Bonner evitou usar a palavra mentira.

"O presidente Jair Bolsonaro usou hoje [29] uma rede social para defender a atuação do governo federal na pandemia. Ontem [28], o STF publicou um vídeo na internet em reação a uma insistência do presidente de repetir uma inverdade: a de que o STF tinha retirado o poder do governo federal e decidido que apenas prefeitos e governadores poderiam tomar medidas de proteção contra a pandemia", explicou o jornalista.

No vídeo, o Supremo esclareceu que todos os poderes tinham que atuar juntos com medidas para proteger a população. Na sequência, Bonner desmentiu um trecho da nota publicada por Bolsonaro sobre as ações na pandemia.

"O presidente voltou a faltar com a verdade ao afirmar que o governo federal recorreu por duas vezes contra decretos de governadores e que as ações não foram analisadas. As duas ações foram, sim, analisadas. Uma pelo então ministro Marco Aurélio Mello e outra pelo ministro Luís Roberto Barroso. As duas foram rejeitadas por questões processuais", informou o âncora.

Confira abaixo o vídeo do STF e a nota de Jair Bolsonaro:


Leia também

Web Stories

+
Harmonização facial e lente nos dentes: Veja antes e depois dos peões de A Fazenda 13Ex de Anitta e rei da pegação: Gui Araujo é o primeiro fazendeiro de A Fazenda 13Elenco, estreia e bastidores: Saiba tudo sobre o reboot de Um Maluco no PedaçoAgressão e barraco em festa clandestina: Veja histórico dos peões de A Fazenda 13Vereda Tropical no Globoplay: Veja por onde andam cinco atores sumidos da novela

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você gostou do elenco de A Fazenda 13?