Reviravolta

Globo dá novo Esquenta a Márcio Garcia e mela negócio com a Record

JOÃO MIGUEL JÚNIOR/TV GLOBO

Márcio Garcia em foto de divulgação da série Tapas & Beijos, na qual interpreta Rei, tirada em abril - JOÃO MIGUEL JÚNIOR/TV GLOBO

Márcio Garcia em foto de divulgação da série Tapas & Beijos, na qual interpreta Rei, tirada em abril

DANIEL CASTRO - Publicado em 17/07/2015, às 05h35

Estava quase tudo certo entre Márcio Garcia e a Record. O ator e apresentador chegou a viajar do Rio de Janeiro a São Paulo para acertar os detalhes finais. Na última hora, uma contraproposta da Globo acabou com a negociação. A emissora ofereceu uma nova oportunidade profissional a Márcio Garcia: ele fará um programa para adolescentes a partir de 2016, provavelmente aos domingos, no lugar do Esquenta, de Regina Casé.

Com contrato em vigência com a Globo, Márcio Garcia terá seu vínculo renovado. O projeto está sendo desenvolvido por Ricardo Waddington, diretor de gênero responsável por programas de auditório, como o Domingão do Faustão. O formato ainda é sigilo.

Um plano B para a nova atração são as tardes de sábado, no horário que já pertenceu a Xuxa Meneghel, depois do Jornal Hoje ou do Estrelas. Mas a possibilidade de ocupar o horário do Esquenta é a mais forte. O show de Regina Casé sairá do ar temporariamente para dar lugar ao The Voice Kids, no início do ano. Garcia entraria depois.

Embora registre bons números no Rio de Janeiro e em várias capitais, Esquenta não tem desempenho satisfatório em São Paulo, principal mercado do país. A atração vem passando por mudanças, trocando o samba pela música sertaneja, mas continua ameaçada pelo Domingo Legal (SBT) e Domingo Show (Record). Executivos da Globo também avaliam que o programa pode voltar futuramente com novo fôlego, em esquema de temporadas curtas. 

Além da proposta de apresentar um novo programa, algo que sempre desejou, pesou na escolha de Márcio Garcia pela Globo o fato de ter contrato em vigência com a emissora. Se rescindisse o vínculo, não conseguiria mais voltar à Globo. Por isso pedia um salário alto para a Record, superior a R$ 500 mil mensais. A Record, no entanto, não queria pagar mais de R$ 300 mil, fora merchandising.

Pelo lado da Globo, seria péssimo reprisar uma novela com um dos protagonistas na principal concorrente. Garcia integra o elenco central de Caminho das Índias, título do Vale a Pena Ver de Novo a partir do próximo dia 27.

A Record queria Márcio Garcia à frente do reality show A Fazenda, no lugar de Britto Jr., que irá para a "geladeira". Também ofereceu a ele um novo reality show em 2016 e possibilidade de dirigir novelas e minisséries. Sem Garcia, a emissora optou por colocar Roberto Justus em A Fazenda, já que Aprendiz Celebridades, por falta de patrocínio, não irá mais ao ar neste ano. Com Justus, a emissora espera recuperar a credibilidade comercial do reality show, abalada pelos barracos das últimas edições.


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Você achou justa a eliminação de Fábio Alano do BBB19?

Últimas notícias

Notícias da TV
Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook