Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

Herança

Família de Dinho dos Mamonas Assassinas coloca propriedade à venda na TV

Reprodução/Record

Pais de Dinho abrem as portas do sítio em Itaquaquecetuba para o apresentador Geraldo Luís no Domingo Show - Reprodução/Record

Pais de Dinho abrem as portas do sítio em Itaquaquecetuba para o apresentador Geraldo Luís no Domingo Show

REDAÇÃO

Publicado em 11/8/2019 - 17h09

Parentes de Alecsander Alves Leite (1971-1996), que ficou conhecido como o vocalista Dinho, dos Mamonas Assassinas, estiveram hoje (11) no programa Domingo Show, na Record. Eles anunciaram a venda de um sítio em Itaquaquecetuba, na Grande São Paulo. Hidelbrando Alves, pai do cantor que morreu em um acidente aéreo em 1996, disse que quer se desfazer da propriedade porque não tem tempo para cuidar dela.

Ele negou que a família esteja passando por dificuldades financeiras. "Não é por dinheiro. Nós não temos mais tempo para cuidar do sítio. Além disso, o local deixou de ser uma área de sítios e chácaras, muitos prédios foram construídos ao redor. Trabalho no ramo imobiliário e garanto que quem comprar irá fazer um ótimo investimento", explicou.

O sítio de aproximadamente cinco mil metros quadrados foi comprado em setembro de 1995 por Dinho para presentear os pais. "O Bento [Hinoto, guitarrista da banda] morava neste bairro, e Dinho vivia na casa dele. Certa vez, meu filho viu que este sítio estava à venda e cismou em comprá-lo, ele gostava daqui", explicou Alves.

Ao lado da mulher, Célia, e do filho Marcos, Alves também contou que no sítio estão guardados objetos e lembranças dos Mamonas Assassinas. "É praticamente um museu, mas nós vamos levar todos [os itens] para nossa casa".

A produção do Domingo Show mostrou partre do acervo do grupo que está no local, como fantasias de super-heróis, vestidos, perucas e pantufas usadas pelos integrantes durante os shows. Também estão guardados os pôsteres, discos de ouro, platina, dupla platina, quadros e fotos de Dinho, Sérgio Reoli, Samuel Reoli, Bento Hinoto e Julio Rasec.

"Nós [família] e os meninos [músicos] passamos o ano novo de 1995 para 1996 aqui. Foi um dia inesquecível. Todos eles se divertindo no churasco e no futebol. Compramos essa chácara porque o Dinho quis, na época", relembrou o pai do vocalista dos Mamonas.

Os integrantes dos Mamonas Assassinas morreram na noite de um sábado, dia 2 de março de 1996, após o jato em que viajavam ter colidido com a Serra da Cantareira. Se estivesse vivo hoje, Dinho teria 48 anos.

Leia também

Web Stories

+
Traição de Pyong Lee e treta de Nadja Pessoa: Ilha Record promete estreia acaloradaFim de casamento e cirurgia perigosa: Como estão os vencedores do Power Couple BrasilLustre de cristal e piso de mármore: Conheça o Carioca Palace, hotel de Pega PegaDe Luísa Sonza a Ana Hickmann: Veja as mansões de dez famosos brasileirosLonge dos holofotes: Veja por onde andam cinco atores de Hilda Furacão

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Qual reality show você vai acompanhar após o fim do No Limite e Power Couple?