Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

CAROLINE MARCHEZI

Ex de Felipe Araújo diz que foi maltratada por Luciana Gimenez: 'Saí chorando'

REPRODUÇÃO/REDETV!

Montagem com imagens de Carolina Marchezi em entrevista a Luciana Gimenez no Superpop

Caroline Marchezi participou do Superpop e afirma ter sido destratada e julgada por Luciana Gimenez

GABRIEL PERLINE

Publicado em 6/7/2020 - 23h28

Em meio a uma batalha judicial com o sertanejo Felipe Araújo por pensão alimentícia, Caroline Marchezi saiu chorando da RedeTV! após participar do Superpop. A psicóloga afirma ter sido maltratada por Luciana Gimenez, que teria feito comentários desrespeitosos e de cunho machista a seu respeito durante a gravação.

"A produção do programa insistiu muito para eu ir. Aceitei porque achei que a apresentadora entenderia meu lado. Mas saí de lá arrasada. Não acreditei nas coisas que ela me disse. Justo ela, que já sofreu julgamentos pesados por ter engravidado do Mick Jagger enquanto ele ainda estava casado", relatou ao Notícias da TV.

A edição foi gravada na semana passada, e exibida somente nesta segunda-feira (6). Caroline afirmou que Luciana fez questão de frisar, logo no início da gravação, que gostava muito do Felipe Araújo e achava estranhos todos os relatos que ela fez a respeito da briga pela pensão alimentícia do filho que tiveram juntos.

"A todo momento ela dizia: 'Não é possível'. Parecia que ela estava duvidando do que eu falava. Durante a entrevista relatei que a minha questão não era somente em relação à pensão. Expliquei que era sobre as ameaças que sofri, agressão psicológica, moral, tudo o que passei na gravidez e na maternidade. Ela me interrompeu nessa hora e falou assim: 'Só vou te lembrar que você só estava há um mês e meio com ele, então o cara teve que engolir o filho goela abaixo'", reproduziu Caroline.

Felipe Araújo queria pagar dois salários mínimos, mas a Justiça determinou que a pensão fosse de sete, o equivalente a R$ 7.315, para o pequeno Miguel, que tem apenas 1 ano e 4 meses de vida. Mas desde dezembro, ele entra com recursos judiciais para tentar reduzir esse valor.

"Em outro momento da entrevista ela veio com um papo de que eu deveria levar em consideração a quarentena, que o Felipe não estava fazendo shows. Expliquei que esse pedido foi feito muito antes da pandemia surgir. Expliquei também que o Felipe é compositor, lucra com direitos autorais, é empresário, tem empresas de roupas e agencia jogadores de futebol, entre outras coisas. Além disso, ele lucra com publicidade nos Instagram, fora os ganhos que ele tem com o YouTube", comentou.

O programa seguiu e Caroline se sentiu, a todo momento, atacada pela apresentadora. Ao dizer que se decepcionou com o sertanejo, Luciana teria dito, em tom de descrédito, que ela criou muitas expectativas sobre o relacionamento.

"Quando ela fala isso, ela está tentando me culpar por tudo que passei. Fiquei decepcionada com a Luciana Gimenez, porque eu fui tranquila ao programa, achando que por ela ter passado por isso, ela não me julgaria. E foi totalmente o contrário do que eu esperava. Ela é uma mulher machista", reforçou.

Ao final da gravação do Superpop, a psicóloga comentou que a apresentadora a chamou de canto e a aconselhou a abafar o caso e parar de expor o sertanejo na mídia.

"Quando ela estava se despedindo, agradeceu a minha presença e veio com um papo de que eu não falasse mal do Felipe para o meu filho. Não sei de onde ela tirou isso. Eu tenho caráter. E como psicóloga eu sei como esse tipo de atitude prejudica a criança. Ela me disse também para não expor o caso na imprensa. Não entendi nada. Ela me chamou para ir ao programa dela e depois veio me falar isso? Por que ela insistiu para eu estar lá?", disse.

Embora tenha recebido um excelente tratamento pela produção do programa, Caroline se arrependeu amargamente de ter aceitado o convite e não pretende voltar a qualquer programa apresentado por Luciana Gimenez. A reportagem procurou a assessoria de imprensa da apresentadora, que não respondeu até a publicação deste texto.

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do Disney+?